Catolicismo, N 476, Agosto de 1990 (www.catolicismo.com.br)

Cisão na URSS pode favorecer independência lituana

"No momento em que se define espetacularmente a cisão liderada por Yeltsin no PC da União Soviética, hábeis diplomatas da Lituânia podem dela tirar largo proveito", declarou à imprensa o Prof. Plinio Corrêa de Oliveira, Presidente do Conselho Nacional da TFP.

E prosseguiu:

"Vem juntar-se a essa divisão no PC, outro fator altamente favorável à causa lituana: nos cinco continentes, as TFPs já obtiveram 2 milhões e 600 mil assinaturas contra a opressão soviética, caminhando tal avalanche rapidamente para muitos outros milhões. Peço a Deus que essa soma de circunstâncias ajude o valoroso povo lituano a romper por fim os seus grilhões".

"Daqui para a frente - acentuou o insigne pensador católico - assistiremos a um fortalecimento da independência lituana, se efetivamente os chamados reformistas do PC emprestarem seu apoio a essa causa. Ou, pelo contrário, prosseguirá a dominação da União Soviética sobre a Lituânia, iniciada em 1940, se esta cisão for um fenômeno de superfície, embora com vistosos efeitos publicitários".