1 de dezembro de 1992

Admissão de mulheres em exércitos é danosa à sociedade

Interrogado pela imprensa sobre a admissão de mulheres nas Forças Armadas de certas nações, o Prof. Plinio Corrêa de Oliveira declarou:

"Essa tendência redundará quer em afrouxamento da vida militar nesses países, quer em brutal endurecimento da vida de família. Pois a mulher que durante muito tempo se tenha exercitado na vida de combate, dificilmente conservará plenamente, em sua personalidade, as notas de ternura, afeto e carinho femininos tão próprios ao coração materno. Tal admissão na vida militar opera um gravíssimo desvirtuamento do perfil moral da mulher, com graves prejuízos para a vida interna dessas nações".