Plinio Corrêa de Oliveira

 

 

Uma lição de granito para os brasileiros de nossos dias

 

 

 

Legionário, No 289, 27 de março de 1938

  Bookmark and Share

 

O mosteiro fortificado de São Pedro de Roda, magnífico exemplar da arquitetura gótica de fins do século X, encontra-se no extremo da Espanha, a dois passos da fronteira francesa e do litoral do Mediterrâneo.

Os mosteiros fortificados da Idade Média são, para os homens contemporâneos, um símbolo do que deles reclama a época presente.

Construídos exclusivamente para o culto divino e a contemplação tranqüila das verdades eternas, três Mosteiros se circundavam de fortíssimas muralhas, para se porem ao abrigo dos inimigos da Cristandade, prevendo a guerra para manter a paz, e defendendo com o braço dos cavalheiros cristãos a sua liberdade contra os inimigos do nome de Cristo.

Ai do Mosteiro medieval no qual o zelo pelo culto fizesse desleixar a defesa contra o adversário mouro ou pagão: em pouco tempo seria assediado e reduzido a ruínas. Ai também do Mosteiro em que o zelo pela luta sufocasse o espírito de oração: desviado de seu verdadeiro espírito, provocaria a ira de Deus e atrairia sobre si os terríveis efeitos de sua cólera.

“Oração e luta”: oração para glorificar a Deus e vencer na luta; luta para conservar o direito de prestar culto a Deus e viver em oração! Era esse o lema dos mosteiros fortificados da Idade Média.

E hoje, quantos países há que julgam poder conservar sua Fé sem travar em qualquer terreno a luta que a preservação da Fé exige!

Rezemos para que o Brasil não venha a ser colhido de surpresa como um templo sem muralhas defensivas...

Nota: Os negritos são deste site.


ROI campagne pubblicitarie