Plinio Corrêa de Oliveira

 

Nazismo-comunismo:

verso e reverso da mesma moeda

(coletânea de documentos)

 

 

 

 

 

 

  Bookmark and Share

 

 

1996 - Capitulo II, 10 - A obscura cumplicidade entre nazismo e comunismo in O Cruzado do século XX - Plinio Corrêa de Oliveira, por Roberto de Mattei, Editora Civilização, Porto, 1997, págs. 100 a 106

1938-05-08 - (7 Dias em revista) A atitude da Santa Sé perante a recepção triunfal que Mussolini preparou para a visita de Hitler em Roma, ficou claramente definida através de diversas medidas tomadas pelo Vaticano - São tão freqüentes os atos provocados pelos bolchevistas que exclusivamente beneficiam os governos da pseudo-direita, e tão comuns os atos desses mesmos governos que beneficiam exclusivamente o bolchevismo que qualquer pessoa que não esteja fanatizada pelo nazismo estranha a “coincidência” - Na Alemanha de Hitler e na Rússia bolchevista, foram premiados quem escreveu atacando o Catolicismo - Na Rússia, por ocasião da Páscoa, o governo tomou providências enérgicas contra as populações porque... as igrejas se enchiam de fiéis.

1938-05-22 - Comentando... Nazismo e comunismo / A Congregação do Santo Ofício promulgou decreto condenando o livro do nazista Raoul Francé, intitulado “Von der Arbeit zum Erfolg”, a respeito do que comentou o “Osservatore Romano” (10-1-1938): “O presente livro é um fruto do materialismo biológico (...) verdadeiro materialismo, que não difere do materialismo comunista ainda que se vele sob o culto místico prestado à natureza e à raça”. - A ideologia política própria ao paganismo é o totalitarismo sob todas as formas e matizes. Logo, é de se estranhar que quem é pagão nos negócios, pagão nos divertimentos, pagão nas afeições, pagão nas leituras, seja também um pagão político?

1938-05-22 - 7 Dias em Revista / Hitler proíbe aos católicos da Alemanha e da Áustria de participarem do Congresso Eucarístico em Budapeste - Notável a “sem cerimônia” absolutamente marxistica com que os nazistas tratam a propriedade privada: a “Juventude Nazista” da Áustria "requisitou" um castelo histórico do Príncipe Stahenberg.

1938-07-10 - Católicos não precisam aliar-se aos comunistas para vencer o nazismo. E nem aliar-se ao nazismo para vencer o comunismo

1938-09-11 - Comentando... Nazismo e Comunismo / Ainda poderá haver algum ingênuo que se espante ao ver ligados esses dois fatos contemporâneos: Nazismo e Comunismo. Em verdade, é infinita a geração dos incautos. Por isso prevemos que poderá haver muito bom quem exclame: “Pois Hitler não é o maior inimigo de Stalin?” Por várias vezes, e isso desde há muito tempo, o LEGIONÁRIO assinalou os parentescos ideológicos das duas doutrinas políticas.

1938-10-02 - Os frutos ideológicos da paz / Os homens e as civilizações se salvam e se perdem pelas ideias que professam e é sempre no terreno da luta das ideias que se resolvem os destinos dos povos.  Em nossos dias, erguer altares a ídolos decrépitos e ilusórios, abater as cruzes e perseguir a Santa Igreja não é obra apenas das más inclinações do homem, como pode ter sido uma ou outra vez antes de Constantino. Hitler, exatamente como Juliano o Apóstata, é um fenômeno histórico que não se explica sem a ação do demônio. Optar entre o comunismo e o nazismo é optar entre Lúcifer e Belzebu, entre o demônio e o demônio.

1938-10-23 - (7 Dias em Revista) Durante os recentes acontecimentos na Áustria, a imprensa fascista da Itália afetou não dar a menor importância ao ataque contra o palácio cardinalício, às injurias proferidas contra o Arcebispo de Viena e à profanação em praça pública de veneráveis imagens do culto católico. Paradoxalmente, porém, a mesma imprensa deu grande relevo ao discurso profundamente injurioso à Igreja pronunciado pelo governador nazista da Áustria - O “Voelkister Beobachter”, órgão nazista de Viena, publicou uma reportagem espalhafatosa em que afirma que a Áustria tem ricas igrejas e um povo pobre. Mais uma vez constatamos não só a identidade de métodos e de linguagem entre comunistas e nazistas. Se o “Legionário” acentua estes fatos, fá-lo não para hostilizar esta ou aquela nação, mas para dissipar certas ilusões políticas funestas - Também o Sr. Eden advertiu o povo inglês de que o atual governo da Inglaterra caminha para a ditadura.

1939-08-27 - OS RECENTES ACONTECIMENTOS PROPORCIONARAM UMA CONFIRMAÇÃO SENSACIONAL ÀS PREVISÕES DESTA FOLHA / No dia 23 de agosto é assinado o famoso pacto Molotov-Ribbentropentre a Rússia soviética e a Alemanha nazistaToda a orientação política do "Legionário" girou sempre em torno da convicção central e fundamental de que entre o nazismo e o comunismo a aparente oposição se resolvia, em última análise, em uma mal disfarçada solidariedade. Para provar a seus leitores quanta razão lhe assistia, publicamos aqui uma resenha de todas as notícias e comentários que fez no ano corrente, prevendo o monstruoso conúbio que o mundo inteiro contemplou boquiaberto e estarrecido. Não nos move um pensamento de vanglória, mas um desejo de encaminhar para o conhecimento da verdade objetiva o maior número possível de leitores. Ao mesmo tempo, temos uma palavra de homenagem comovida e de saudades ao grande Pio XI, cuja política em relação a direitas e esquerdas recebe agora uma franca comprovação. Nosso pensamento se volta também com indizível afeto e respeito ao Santo Padre Pio XII, Pai da Cristandade e continuador da grande obra política de Pio XI.

1939-08-27 - Anti-Komintern! / O convívio pacífico dos povos civilizados exige o intransigente respeito de cada qual para com as instituições políticas e sociais adotadas por seu vizinho. O respeito à soberania dos vizinhos constitui a norma fundamental de toda a diplomacia honesta. Mas este direito tem limites - Alguns requisitos essenciais para uma reação ser autenticamente anticomunista, ou seja anti-totalitária - Conseqüências do pacto de não agressão teuto-russo, que o “Legionário” previu com tanta clareza - Chegou a "hora H" para Franco - A perspectiva de uma fusão da Alemanha nazista com a Rússia comunista.

1941-05-18 - 7 Dias em Revista / Hipótese sobre o "caso Rudolph Hess": este não teria "fugido" da Alemanha, mas sua viagem teria tido como meta encontrar-se com o Duque de Hamilton, na Escócia, que faria um jogo em favor de Hitler - Solidariedade do Ministro do Exterior da Espanha com Hitler. - As relações teuto-russas e uma previsão: tanto é possível que durem longamente, quanto que de repente a Alemanha agrida a Rússia...

1941-07-06 - As relações entre o nazismo e o comunismo / Lista de notícias que o "Legionário" publicou em várias ocasiões demonstrando a solidariedade efetiva entre ambos regimes, bem como previsões feitas à época do que ora está sucedendo (o "conflito" entre a Rússia soviética e a Alemanha de Hitler).

1942-05-03 - CABEÇAS DE SERPENTE. Hitler soube encontrar na alma alemã os sentimentos tradicionais e cristãos que ainda tinham vitalidade, animá-los, fazê-los servir como degraus para o poder e, baseados neles, pôr em execução um plano de governo que era precisamente o contrário do que prometera. O oportunismo é a regra de conduta da propaganda quanto da diplomacia nazista - Se Hitler realiza na Alemanha um regime social que é quase absolutamente comunista, por que ataca tanto o comunismo?

1942-08-23 - (7 Dias em Revista) Considerações sobre o afundamento dos navios brasileiros, em nossas próprias águas territoriais. E' bem este o momento dos católicos mostrarem que maravilhoso viço tem a flor do patriotismo quando brota das raízes sobrenaturais da fé. O adversário que bate a nossas portas não é só do Brasil, mas também da Igreja. Em matéria de anti-nazismo e anticomunismo, devemos distinguir claramente duas posições extremas, ambas erradas. - Para nós a opção é só esta: Cristo-Rei ou o anticristo. E para nós, anticristo tanto é o nazismo quanto o comunismo. 

1942-10-11 - Nazismo e comunismo / Não se pode afirmar simplesmente que os interesses da Igreja "coincidem" com os da Pátria: eles se interpenetram. Com efeito, o Brasil só será idêntico a si mesmo, só conservará a continuidade de seu espírito - no que conste em essência a sobrevivência de uma Nação - se se conservar católico no sentido mais pleno e radical desta insofismável palavra. Combatendo o nazismo, devemos fazê-lo sustentando sua essencial identidade com o comunismo. A doutrina de Marx é, tanto quanto sua sósia nazista, inimiga capital do Brasil e da Civilização Católica.

1945-02-04 - "Nova et vetera" - Nazismo versus comunismo? / Alguns aspectos da campanha desencadeada pelo nacional-socialismo no sentido de criar uma outra religião, segundo os cultos pagãos do primitivo povo alemão, como coroamento da esperada extinção da Igreja na Alemanha: a nova “imagem de Deus” germânica. Fonte das citações: a famosa obra "El Cristianismo en el Tercer Reich”. - Em seu último discurso, Hitler teve a coragem de fazer mais um apelo patético ao povo alemão no sentido de o ajudar na luta contra o bolchevismo. Isto nos faz lembrar uma hipotética luta entre dois bandos de gângsteres: Dillinger faria um apelo ao bom povo de Chicago no sentido de o ajudar a eliminar da face da terra o inimigo número dois do gênero humano representado por Al Capone... - Métodos do nazismo para criar um sucedâneo religioso para o povo alemão.

1945-05-13 - REGINA PACIS / Não é sem um desígnio da Providência que a paz se firma precisamente no mês de maio, consagrado a Maria Santíssima. Esmagado o nazismo, devemos pedir a Nossa Senhora a derrota do comunismo

1945-07-08 - Nova et Vetera - Fascismo, nazismo e contra-revolução / No nazismo, temos a cultura pagã e a certeza subjetiva da heresia. No comunismo, vemos a cultura proletária e a certeza subjetiva do fanatismo. Em ambos, o Estado totalitário, instrumento do Partido único (nazista ou comunista) ocupa-se de tudo, domina, organiza, decide, realiza tudo por si mesmo. Nessa escravidão ao Estado, tanto no nazismo como no comunismo, toda iniciativa particular, até a vida íntima, é suprimida. Ambos praticam o coletivismo, ambos não escondem o fato de serem socialistas. Tanto o nazismo como o comunismo proclamam seu ódio á burguesia e ao capitalismo. Ambos confiscam bens e propriedades. E enquanto o nazismo estendia a mão antes de mostrar as unhas, o comunismo a estende alegando havê-las aparado. Tanto num caso como no outro, porém, o fim visado é um só: esmagar a humanidade nesse amplexo “fraternal”... As execuções de um Felipe Egalité, de um Danton, de um Robespierre não provam que a revolução costuma devorar seus próprios filhos em benefício da causa que ela defende?

1945-10-14 - Nova et Vetera - Do anticomunismo fascista ao anticomunismo esquerdista / Nazismo e fascismo, e todos os seus “símiles” em todas as latitudes, longe de serem movimentos de reação contra o comunismo, apenas acenavam com o slogan da “luta contra o bolchevismo” para neutralizar a ação de qualquer outro movimento contra o totalitarismo socialismo. Daí seu ódio em relação à Igreja, que é capaz de inspirar o único movimento real e sinceramente anticomunista... Onde o comunismo não consegue entrar, a esquerda socialista força a brecha. E onde o socialismo cru também é repudiado, procura-se passar o contrabando de um socialismo atenuado. Exemplos concretos com o nazismo e o fascismo.

Clique na imagem acima para ampliá-la (página 39 de "Um homem, uma obra, uma gesta – Homenagem das TFPs a Plinio Corrêa de Oliveira" (1989)


Bookmark and Share