O Cruzado do século XX

 

Plinio Corrêa de Oliveira

 

 

 

 

Roberto de Mattei, Editora Civilização, Porto, 1997

  Bookmark and Share

ÍNDICE GERAL 

Prefácio do Cardeal Alfons M. Stickler

Elenco das abreviaturas

Introdução

Capítulo I: "QUANDO AINDA MUITO JOVEM..."

1. Os últimos esplendores da douceur de vivre

2. Brasil, uma vocação de grandeza

3. São Paulo, ilha europeia no continente americano

4. Do coração das mães ao coração dos filhos: Dona Lucília Ribeiro dos Santos

5. Primeira visão da Europa

6. O crepúsculo da Belle Époque

7. A ascensão do mito americano

8. Uma concepção militante da vida espiritual

 

Capítulo II: "O LEGIONÁRIO NASCEU PARA LUTAR..."

1.  A importância da Igreja Católica na vida do Brasil

2.  A "guinada" histórica de 1930

3.  A Liga Eleitoral Católica

4.  Director do Legionário

5.  A "guerra civil" europeia

6.  A denúncia do paganismo nacional-socialista

7.  Fidelidade à Igreja e independência intelectual

8.  "Escolhestes a vergonha e tereis a guerra"

9.  "A guerra mais enigmática deste século"

10. A obscura cumplicidade entre nazismo e comunismo

11. A comédia falimentar da ONU

12. 0 Islão à conquista da Europa?

13. "O Legionário nasceu para lutar"

 

Capítulo III: EM DEFESA DA ACÇÃO CATÓLICA

1.  Pio XI e a Acção Católica

2.  A "nova Cristandade" de Jacques Maritain

3.  O "movimento litúrgico"

4.  A Acção Católica na encruzilhada

5.  0 apogeu do Legionário

6.  Presidente diocesano da Acção Católica

7.  "Em Defesa da Acção Católica"

8.  Um "gesto de Kamikaze"

9.  Acendeu-se uma estrela na noite...

10. Uma nova bandeira: o Catolicismo

 

Capítulo IV: REVOLUÇÃO E CONTRA-REVOLUÇÃO

1.  "Doutor da Contra-Revolução"

2.  A Cristandade no Magistério Pontifício

3.  A grande crise do Ocidente cristão

4.  As etapas históricas da Revolução

5.  As profundidades da Revolução

6.  0 papel das paixões no processo revolucionário

7.  As velocidades da Revolução

8.  Os agentes da Revolução: a maçonaria e as seitas

9.  A meta anárquica da Revolução

10. Os valores metafísicos da Revolução

11. A philosophia perennis de Plínio Corrêa de Oliveira

12. Ambientes, costumes, civilizações

13. A Contra-Revolução e a Civilização Cristã

14. A força propulsora da Contra-Revolução

15. A Contra-Revolução e a Igreja

16. Além dos confins do Brasil: uma escola de pensamento e de acção

17. Nobreza e elites tradicionais análogas, perante a IV Revolução

18. Parecer de um eminente teólogo contemporâneo sobre “Revolução e Contra-Revolução”

 

Capítulo V: TRADIÇÃO, FAMÍLIA, PROPRIEDADE

1.  Um bloco coerente e indissociável

2.  Novos métodos de apostolado

3.  A evolução do Clero brasileiro para a esquerda e o nascimento da CNBB

4.  "Reforma agrária": questão de consciência  

5.  A denúncia da infiltração comunista no Clero

6.  Perante a ameaça comunista contra a Igreja

7.  Uma concepção tribalista e comunista das Missões

8.  Uma denúncia do carácter revolucionário das Comunidades Eclesiais de Base

9.  A TFP no mundo: o desenvolvimento da epopeia anti-comunista  

10. 1994: o mundo numa visão de conjunto  

11. Plínio Corrêa de Oliveira como "Pai" e "Fundador"

12. Entre incompreensões e calúnias

13. Culto lícito ou ilícito segundo a Igreja

14. Uma vocação específica: a "consecratio mundi"  

 

Capítulo VI: PAIXÃO DE CRISTO, PAIXÃO DA IGREJA

1. "Credo in unam sanctam, catholicam et apostolicam Ecclesiam"  

2.  Ano Santo de 1950: triunfo ou crise incipiente?  

3.  O anúncio do Concílio Vaticano II  

4.  O Concílio teria condenado o comunismo?  

5.  O Concilio do "aggiornamento"

6.  A liberdade da Igreja no Estado comunista  

7.  O silêncio sobre o comunismo: um Concilio malogrado?

8.  Novo género de relações entre a Igreja e o mundo

9.  A "resistência" à Ostpolitik vaticana

10. A denúncia do "diálogo" modernista

11. Verdadeiro e falso ecumenismo

12. Explode a crise pós-conciliar

13. Antigo e novo "Ordo Missae"

14. Paixão de Cristo, Paixão da Igreja

 

Capítulo VII: RUMO AO REINO DE MARIA

1.  O caos do fim do milénio

2.  A teologia da história de Plínio Corrêa de Oliveira

3.  São Luis Maria Grignion de Montfort e o Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem  

4.  A devoção mariana e o apostolado contra-revolucionário 

5.  O Reino de Maria na perspectiva montfortina

6.  "Servitudo ex caritate": obedecer para ser livre  

7.  Os frutos da consagração: uma nova Idade Média?

8.  "De Fatima numquam satis"  

9.  A "terceira parte do segredo" de Fátima

10. Interpretação do Apocalipse e milenarismo 

11. Visão do futuro de Papas e de Santos  

12. Rumo ao século do imenso triunfo   

Conclusão  

 

FOTOS

1. Pais de Plinio (Dr. João Paulo Corrêa de Oliveira e Dona Lucília Ribeiro dos Santos); no dia de sua primeira Comunhão; Dr. João Alfredo Corrêa de Oliveira (tio-avô de Plinio e autor da lei Áurea que aboliu a escravidão no Brasil)

2. Igreja do Sagrado Coração de Jesus (São Paulo); duas fotos de Dona Lucília

3. Três momentos da primeira fase de sua vida apostólica

4. Dom Duarte Leopoldo e Silva (Arcebispo de São Paulo); Dom Bento Aloisi Masella (Núncio Apostólico no Brasil, mais tarde Cardeal) tendo nas mãos o jornal “O Legionário”

5. Diversas edições de “Revolução e Contra-Revolução”; desfile inicial de uma das primeiras campanhas públicas da TFP brasileira

6. O Cardeal ucraniano Josef Slipyi recebido na sede da TFP brasileira; Cardeal-Primaz da Hungria Jósef Mindszenty acolhido pela TFP venezuelana

7. “Almoço heterogéneo na Folha” (de S. Paulo): Plinio, Octávio Frias, Fernando Henrique Cardoso e Gilberto Freire (Para uma reprodução completa da matéria na "Folha de S. Paulo" clicar [1], [2] e [3] ).

8. Delegação das TFPs em Moscou (1990); TFP americana em manifestação contra o aborto em Washington

9. Missa de sufrágio pela alma de Plinio Corrêa de Oliveira, na igreja do Espírito Santo in Sassia, em Roma, celebrada pelo Cardeal Alfons Stickler; cortejo fúnebre que em 5 de Outubro de 1995 saiu da sede do Conselho Nacional da TFP brasileira, em direção ao Cemitério da Consolação, por ocasião do funeral do Prof. Plinio

10. Belo e antiquíssimo fresco de Nossa Senhora do Bom Conselho em Genazzano 

Retornar à secção BIOGRAFIA