Cartas de elogio de personalidades eclesiásticas relativas a obras do Prof

Artigos em O Legionário,
órgão oficioso da Arquidiocese de São Paulo

ANO DE 1946

6 de janeiro - MUNICH VERMELHO. O espírito de cegueira, de moleza, de acomodação, que residia nas dobras do guarda-chuva chamberlainesco não morreu. E, depois da tremenda lição da última guerra, vê-se que entre os vencedores ainda há estadistas capazes de repetir os erros que antecederam a catástrofe de 1939. Análise dos acordos de Moscou: um "Pearl Harbor" diplomático.

6 de janeiro - Nova et Vetera - Os dois estandartes / Diz São Tomás que assim como Jesus Cristo é o superior e cabeça dos bons, Satanás é o caudilho dos anjos rebeldes. Logo, acrescenta o Doutor Angélico, é certo que como consequência desta oposição existe um empenhado duelo pessoal entre Jesus Cristo, chefe dos bons, e Satanás, caudilho dos maus, cujas origens explicam o estado de luta perpétua e incompatibilidade irredutível entre bons e maus em todos os períodos da história.

6 de janeiro - Os jornais publicaram o testamento de Hitler, "um dos documentos mais densa e sombriamente pagãos que tenhamos lido". Trechos e comentários.

13 de janeiro - Nova et Vetera - O corpo místico de Satanás

13 de janeiro - VERGASTADA CRUEL. O recente decreto alterando o sistema eleitoral: "nossos [dos católicos] pulsos de gigante estavam ridiculamente atados por uma teia de aranha. O Brasil recebeu um diploma de minoridade e fomos transformados em uma triste carneirada", graças a tal decreto eleitoral.

20 de janeiro - O Apóstolo das Gentes / São Paulo é o modelo da argúcia, intrepidez, capacidade de realização, postas ao serviço do apostolado. Depois do Príncipe dos Apóstolos, ninguém o excedeu, em nenhum sentido, entre os que evangelizaram o mundo. As virtudes desse grande Santo tem uma atualidade perene na Igreja, que o honra de todos os modos. Sejam o seu exemplo e as suas preces um auxílio para que os católicos deste século, e especialmente os desta sua Arquidiocese, se esmerem mais e mais no serviço da Igreja.

20 de janeiro - A máscara caiu: a III Internacional não foi extinta. A URSS e a "Federação Mundial dos Sindicatos de Trabalhadores". - O caso do Irã: os comunistas utilizam as mesmas táticas que o nazismo usara.

20 de janeiro - Comentando... A intranquilidade do mundo / Analisando a intranquilidade do mundo contemporâneo, o sr. Spruille Braden (antigo embaixador norte-americano na Argentina) encontra, como uma de suas causas principais, o desaparecimento das monarquias legítimas. Os governos subsequentes já não eram revestidos deste caráter de legitimidade, o que ocasionou a perda de confiança nos mesmos por parte dos governados. A união orgânica entre povo e governo, dava a este último força moral para se fazer obedecer voluntariamente; sobreveio um regime de ordenação mecânica, no qual a obediência é fruto da coação. Daí um estado de tensão entre súditos e governo, que originou a ampliação ilimitada da força coativa deste para resolver o conflito. Assim aconteceu que o governo contemporâneo acabou por ter um poder muito mais vasto do que o dos monarcas antigos, tais como Luís XIV, Henrique VIII ou Carlos V. - Os dois tipos de ordem política.

20 de janeiro - DITADURA PARTIDÁRIA. Continuação da "análise da malfadada lei eleitoral que levou o despotismo partidário a um grau que ele jamais teve no Brasil e acresceu ao maximum o poder das 'panelinhas'. A democracia está fraudada. Será uma farsa, uma farsa tanto mais cruel quanto foi por amor a ela que o sangue brasileiro se verteu ainda há pouco, na conflagração univers Guerra)".

20 de janeiro - Nova et Vetera - Uma progênie de monstros / É de todos conhecida a passagem do protestantismo ao deísmo, do deísmo ao filosofismo, do filosofismo à Revolução liberal, da revolução liberal ao totalitarismo socialista. Tal como na enumeração da genealogia do Salvador, do mesmo modo podemos traçar essa execranda genealogia dos descendentes, em linha direta, de Lutero até Karl Marx - Ao lado do nazismo pagão e do comunismo materialista, vemos em plena II Guerra Pio XII condenar o totalitarismo religioso, ou seja, a acentuação unilateral e demasiada do aspecto coletivo, comunitário da vida de religião, fundamentada num “cristo-misticismo-panteístico” de fundo protestante.

27 de janeiro - As maquiagens da "igreja brasileira". - "A atmosfera que cerca o camarada Prestes e a que os nazistas constituíam em torno de seu 'Führer' ". - O caso persa e a situação internacional: possibilidades de a ONU vir a ser algo de sério?

27 de janeiro - Nova et Vetera - A pseudo-reforma e algumas “coincidências” / Muito se tem falado e escrito sobre o encadeamento doutrinário do humanismo renascentista com a pseudo-reforma de Lutero e desta com o deísmo, com o racionalismo, com o filosofismo, com o liberalismo, com o socialismo. Segundo o modo usual por que é abordada essa filiação de idéias errôneas, tem-se a impressão de que se trata de mero fruto da paixão ou do extravio intelectual perpetrado talvez por gente no fundo bem-intencionada, que vai retomando o fio da meada e desenrolando-o logicamente, de modo ingênuo e acidental, sem perceber as repercussões de suas idéias. Nada mais falso que esse proceder. Basta para demonstrar essa falsidade que apresentemos aos nossos leitores certos fatos, deixando-lhes o trabalho de meditar sobre eles.

27 de janeiro - DEMOCRACIA FRUSTRADA. "Essa questão de programas partidários no Brasil não tem a mínima importância e não obriga a ninguém". "A política nacional está uma verdadeira Babel de brigas, mútuas descomponendas, e incerteza de rumos."

03 de fevereiro - Dutra assume a Presidência: a volta do País à normalidade constitucional..- Seguem para Roma dois Príncipes da Igreja para receber o chapéu cardinalício. - "Osservatore Romano" contesta as acusações do "Izvestia" de que as nomeações dos novos cardeais constituem um plano político tendente a melhorar a posição do Vaticano no campo internacional. - As visíveis e inadmissíveis desigualdades sociais na... Rússia soviética.

03 de fevereiro - Nova et Vetera - Protestantismo descristianizante / Foi o protestantismo a causa mais próxima da doutrina do "Contrato Social", germe do socialismo e do totalitarismo modernos. Aliás, constatemos um fato curioso: não foi Rousseau o criador do "Contrato Social". Antes dele, um protestante, sob o pseudônimo de Junius Brutus, expunha pela primeira vez a teoria do “contrato” como origem da sociedade - No plano internacional, dizia o escritor francês Eugenio Sue (1804-1857): “O melhor meio de descristianizar a Europa é protestantizá-la”.

03 de fevereiro - A comédia da ONU / O intrincado manejo político que presentemente se faz sob os rótulos iraniano, malaio e grego. E, com isto, a ONU, a Europa, a América e o mundo vão sendo arrastados para situações e crises que as massas ocidentais nem sequer compreenderão a fundo. A ONU fracassou pela má fé soviética. A grande experiência que daí se tira: com os soviéticos não se negocia, como não se negocia com gangsters, apaches ou nazistas. O mundo civilizado perceberá isto? Ou cometerá o erro de capitular indefinidamente ante os vermelhos, como já capitulou ante os pardos?

03 de fevereiro - Comentando... - O Novo Mundo / Nós, católicos, vivemos a proclamar e a insistir em que não haverá paz sem Deus, que todos os movimentos pacifistas abortarão se não se reintegrar a Religião em seu lugar; e assim queremos assinalar a inanidade dos esforços dispendidos neste século para afastar os pesadelos das guerras - Indícios de como seria esse "novo mundo"

03 de fevereiro - Nem Lutero, nem Bismark, nem Hitler

10 de fevereiro - O caso greco-russo-anglo encerrado como em um teatro. - O maior agressor de nossos dias é a URSS. Devemos reconhecer com melancolia a visceral impotência da ONU. - Na Áustria, os comunistas continuam sua propaganda com todas as franquias da lei, enquanto é proíbido ao arquiduque Otto de Habsburg e às pessoas de sua família o regresso à Pátria. - Truman sugere "Declaração dos Direitos da Família".

10 de fevereiro - Nova et Vetera - Finanças comunistas / Os chefes comunistas franceses não responderam às acusações de um seu antigo camarada a respeito das origens do dinheiro para financiar as atividades do Partido. A história se repete em outras partes...

10 de fevereiro - AINDA A LEI ELEITORAL. Continuação da análise sobre os dispositivos eleitorais em vigor no Brasil. O papel do dinheiro na vida partidária.

17 de fevereiro - Os comunistas sabem que vivemos em um mundo extenuado, em que a capacidade de raciocinar parece ainda mais exausta e gasta do que as outras faculdades humanas. E por isto, com uma brutalidade toda nazista, vão criando fatos consumados. O exemplo chinês. - A URSS sofreu uma autêntica derrota na ONU. - Eleições na URSS: cem por cento dos eleitores votaram a favor dos sovietes. - Belo tópico do Santo Padre, em recente discurso à nobreza romana.

17 de fevereiro - Nova et Vetera - Personificação permanente da Revolução

17 de fevereiro - A SOLENIDADE DE AMANHÃ (Consistório em que vão ser concedidos os chapéus aos Cardeais recém-nomeados). Aos pés do Trono da Verdade, estarão os embaixadores de quase todas as nações do mundo. Do esplendor desta magnífica realidade se desprende uma voz, porque os fatos falam: "non praevalebunt".

24 de fevereiro - Comentando... A abdicação do homem / O regime socialista, em que o Estado é a providência universal, só se mantém pelo engodo e pela polícia, como consequência do estado de minoridade efetiva a que ficam reduzidos todos os cidadãos. Os súditos do Estado socialista são uma espécie de crianças manhosas e recalcitrantes, das quais só se pode obter alguma coisa com promessas de doces e de palmadas. A tutela absoluta, própria do Estado socialista, é um considerável incentivo para a inércia e a preguiça. A prerrogativa mais característica da pessoa humana está na capacidade moral de cada um construir a própria vida. É por aí que cada um pode realizar uma autêntica personalidade. Tudo o que o indivíduo pode desempenhar por si mesmo não deve ser entregue à comunidade.

24 de fevereiro - O "Livro Azul" dos EUA sobre ocultos projetos nazistas na América Latina, e o desvio de segredos da bomba atômica pelos soviéticos. Todas a lutas hão de ser consideradas em função dos grandes problemas mundiais, que estão nos bastidores da maior parte dos acontecimentos de importância menor. Ao lado do inquérito para punir a quinta coluna nazista - que deve ser feito - por que não se faz um inquérito contra a quinta coluna comunista? As garras do dragão morto parecem causar mais terror do que as garras do dragão que está vivo. Tanta cegueira pode explicar-se sem algum "anestésico"?

24 de fevereiro - Nova et Vetera - Conjurados da mesma trama / O LEGIONÁRIO vem exuberantemente demonstrando que os totalitarismos da direita agem de parceria com a esquerda. É indispensável aos fascismos a “luta contra o comunismo”, do mesmo modo que o comunismo não pode viver sem a demagogia da “luta contra o nazi-fascismo”. Toda a camuflagem e toda a diversidade de métodos usados não conseguem ocultar o fato fundamental que ambos são totalitários e que ambos procuram implantar o socialismo. O indispensável para essa manobra é que não se permita a existência de um movimento sinceramente anticomunista ou de uma campanha organizada sinceramente antinazifascista.

3 de março - UM IMPORTANTE ARTIGO NO "OSSERVATORE". "Pravda" ataca fortemente o que chama a "política pró-fascista" do Vaticano. A matéria do "Osservatore Romano" desenvolve a idéia de que o comunismo é um estado absolutamente tão "totalitário" e ditatorial quanto o nazismo. E faz residir neste ponto a causa verdadeiramente insanável do conflito entre a Igreja e a URSS.

3 de março - Nova et Vetera - Ainda nossos amigos, os ursos / Efeitos nefastos da indevida intervenção do Estado na vida econômica da sociedade, o artificialismo dos vários órgãos controladores da iniciativa privada, o racionamento de utilidades pela deliberada “coordenação” da produção, a absorção estatal da Previdência, do cooperativismo e dos sindicatos, etc. Exemplificando, concretamente no Brasil, com o decreto-lei que se propôs garantir os inquilinos de imóveis contra a ganância dos proprietários. Esta lei, na aparência muito simpática, na realidade foi injusta e desastrosa, por se tratar de medida parcial que coexistiu com a plena liberdade dada aos lucros extraordinários e as mais variadas formas de câmbio negro e de manobras altistas. Deixou ela, assim, não somente de produzir os benefícios esperados, o que já seria lamentável, mas ainda, agiu negativamente, agravando o problema da habitação popular, como passaremos a demonstrar.

3 de março - A URSS viola flagrantemente seus compromissos. - Os "quinta-colunas" comunistas em diferentes países.

3 de março - Comentando... Clero e a política / Os direitos e deveres do Clero católico face às eleições políticas.

10 de março - O DISCURSO DO SR. WINSTON CHURCHILL: "combativo", como se fosse combativo o cordeiro que se queixasse das injúrias e ameaças que sofre do lobo; diplomacia em primeira linha, firmeza em segundo lugar; denuncia os comunistas de todos os países - uma quinta coluna a serviço do imperialismo da URSS no mundo inteiro.

10 de março - Nova et Vetera - Os amplíssimos horizontes da ingenuidade humana / A direita totalitária é tão revolucionária e socialista quanto a esquerda, provindo das mesmas mãos os cordéis que regulam seus movimentos. Esquerda totalitária e direita totalitária são fantoches bifrontes, usados ora para assustar, ora para atrair os ingênuos, num jogo sincronizado que acabará por cansar a humanidade, lançando-a nos braços do omniarca que reimplantará no mundo o paganismo.

10 de março - Ante o panorama internacional, duas atitudes extremas que devemos evitar com todo o cuidado: uma, é do nervosismo. Mantenhamos o espírito de máxima objetividade e calma. De outro lado, é preciso cortar energicamente as vazas ao otimismo tolo, ao espírito de concessão a todo preço.

17 de março - "BEM-AVENTURADOS OS PUROS PORQUE VERÃO A DEUS". As linhas essenciais da personalidade de José Gustavo de Souza Queiroz, destacado membro do grupo do "Legionário".

17 de março - Nova et Vetera - O socialismo na ribalta / Renunciemos à tentação de apreciar os fatos ou acontecimentos e as lutas ideológicas tais quais se apresentam em seu aspecto puramente externo. Do contrário teremos uma impressão epidérmica dos acontecimentos e confundiremos a vida real dos atores com a comédia que representam. Não nos detenhamos nas aparências externas das coisas, procuremos indagar seu significado real e profundo, os desígnios ulteriores daqueles que as suscitam ou promovem.

17 de março - Ficou demonstrado - com uma clareza capaz de deslumbrar cegos - que os piores vícios diplomáticos do nazismo ressurgiram no comunismo. Stalin, suas negações da verdade evidente e suas diatribes contra Churchill.

24 de março - PADRE SIGAUD. Artigo-despedida pela longa viagem que o então Sacerdote Geraldo de Proença Sigaud faria à Europa: descrição de seu perfil moral e de sua personalidade como se apresentavam àquela época

24 de março - Nova et Vetera - A serpente sai da toca / O alvo visado pelas setas envenenadas dos enciclopedistas não era a Revolução Francesa. Esta foi apenas uma etapa intermediaria. O desfecho lógico daqueles erros doutrinários seria o estado totalitário socialista. Mas para chegar até ele, sem receio de um insucesso, melhor seria desagregar em primeiro lugar a sociedade em seus quadros tradicionais, , mediante o liberalismo. Houve, porém, um balão de ensaio já nos dias da Revolução Francesa, e podemos dizer que o socialismo hodierno começa com François Noël Babeuf, também conhecido como Gracchus Babeuf. Este último escreveu em seu manifesto: “Desejamos a igualdade real ou a morte. Nada de propriedade individual das terras; a terra não é de ninguém. Reclamamos, queremos o gozo comum dos frutos da terra; os frutos são de todo o mundo”.

24 de março - Governo britânico proibe a permanência de membros da Família Habsburg na Áustria e fecha partido legitimista. Ao mesmo tempo, o partido comunista pode funcionar. Eterna contradição dos liberais: sempre severos com os monarquistas e anti-liberais... e de uma moleza infantil com os totalitários de todo o feitio.

31 de março - UM FIRME PROPÓSITO. Nossa preocupação deve ser de preservar, entre tantas transformações, o caráter verdadeiramente cristão e católico de nossa formação individual e social. De que valerá ao Brasil se tornar o país mais rico, mais poderoso, mais influente do mundo, mas perder sua Fé?

31 de março - Nova et Vetera - As muletas da nova ordem proletária / Um dos flagelos do Estado totalitário da esquerda ou da direita são os atentados contra a liberdade da Igreja. Vemos seus germes no Estado liberal na negação da imunidade da Igreja e dos eclesiásticos na pretensão do poder civil de ditar e definir os direitos da Igreja, na abolição do foro eclesiástico para os processos temporais dos clérigos e nas espoliações e confiscos dos bens da Igreja.

31 de março - "Nossos adversários [dos católicos] nos estrangulam com luva, anestésico e corda de seda. E para requintar usam nesta cerimônia opas, balandraus ou distintivos de associação religiosa. Prova máxima disto é o nazismo. Depois dele o comunismo."

7 de abril - As perseguições comunistas de velho estilo continuam. É tolo quem imagina a possibilidade de estabelecer duravelmente boa harmonia entre a luz e as trevas. Os maus procuram desarmar nossa reação, ocultando suas verdadeiras intenções, atrás de pretextos blandiciosos. Conseguindo tais objetivos, os fiéis perdem a unidade de ação. E isto alcançado, eles se dividem, se entrechocam e desaparecem.

7 de abril - Nova et Vetera - Colaboracionismo libero-nazi-comunista / Não há virtude que não seja passível de deturpação. Não escapa a esta regra o sentimento de patriotismo. Eis o que parcialmente explica a cegueira de muitos católicos alemães que, magnetizados pela paixão patriótica em sua deturpação nacionalista, foram surdos à voz da verdadeira Igreja Católica e assim prepararam a ruína de sua pátria, entregando-a de mãos amarradas aos inimigos que julgavam combater. - "Ultramontanos" é um epíteto utilizado (de modo depreciativo) pelos colaboracionistas “católicos” e filo-comunistas para se referir aos que não são partidários da transformação do Catolicismo em um protestantismo largo e acolhedor, no qual todos os homens poderão encontrar-se, quaisquer que sejam suas idéias sobre Deus, sobre Suas Revelações e sobre Seus Mandamentos.

14 de abril - Congresso do Partido Socialista, reunido na Itália, vem provar claramente até que ponto foi acertada a atitude do grande Pio XI, o qual declarou que socialismo e Catolicismo são coisas incompatíveis; e condenou não somente a doutrina socialista, mas a própria palavra "socialismo".

14 de abril - A QUESTÃO IRANIANA. Morre melancólica e turbulentamente a Liga das Nações de Genebra. 

21 de abril - Nova et Vetera - A glorificação de Barrabás / Ao contrário desse falso otimismo dos utopistas, que preveem o fim das guerras pelo uso da força sem indagar da retidão de intenção dos que a usam, Pio XI, diante do espetáculo das desgraças contemporâneas, indagava se esta aflição universal não pressagiava a vinda do Filho da Iniquidade. - A salvação dos povos não se acha nos meios externos, diz Pio XII. As energias que hão de renovar a face da terra têm que promanar do interior do espírito iluminado pela luz da verdade. “Sem mim nada podeis fazer” (Jo., XV, 5).

21 de abril - No Congresso Socialista reunido na Itália, um dos oradores declarou não ser conveniente a fusão, naquela conjuntura, entre socialistas e comunistas porque vários setores da população, sobretudo os homens do campo, são hostis ao comunismo.

28 de abril - INDISSOLUBILIDADE DE FACHADA. É preciso purificar nossa legislação de toda uma série de dispositivos que consagram indiretamente não apenas o divórcio, mas - o que é muito mais grave - o amor livre.

28 de abril - Há mouros na costa / O plano de um governo mundial que terminará com a soberania dos diversos países

28 de abril - Estamos na época do embuste. O comunismo, com esperança para muitos católicos, está tomando ares cada vez mais moderado. Enquanto persegue na Ucrânia os católicos, organiza-se em toda URSS a "Igreja" cismática bolchevista. A palavra de ordem hoje é despistar, é fazer com ares de cordeiro a política do lobo. Ou pior. Outrora, o lobo se vestia de ovelha. Hoje, na URSS, foi mais longe.

28 de abril - 04-28 - "Comentando..." - Propaganda da impureza / É na pronunciação das palavras obscenas que as pessoas impuras obtêm uma certa realização plástica da própria impureza, na qual se verifica uma como experiência direta do vício enquanto tal. Por isso São Paulo nos adverte a nem mencionar tais coisas.

05 de maio - CONTRADIÇÃO FLAGRANTE. Se a família é o único instituto que assegura à natalidade todas as condições de progresso necessárias, é claro que o Estado deve combater severamente a natalidade extra-familiar. Porque esta debilita a família, e, debilitando a família, destrói as condições necessárias para termos uma prole vigorosa, numerosa e sadia.

05 de maio - Nova et Vetera - Plus ça change, plus c’est la même chose (mais isto muda, mais é a mesma coisa) / Na história do fascismo, do nazismo e de outros governos congêneres que surgiram quando o totalitarismo da direita estava em voga, uma das maiores forças desses regimes ditatoriais e socialistas lhes vinha da neutralidade por parte dos católicos desprovidos da necessária perspicácia para perceber seus rumos ou que, pela impassibilidade, eram cúmplices deliberados do que se tramava, muitos dos quais permaneceram nessa cômoda atitude. Do comunismo e das várias correntes esquerdistas é dispensável citar exemplos dessa atitude suicida, bem como exemplos da ala da franca “política da mão estendida”. Estamos diante de fatos notórios e contundentes, cujas nefastas consequências só podem negar os cegos e surdos voluntários. E enquanto tivermos pelas costas esses covardes e esses traidores da causa católica, estaremos na situação crítica de soldados que combatem entre dois fogos.

05 de maio - Dois personagens de extraordinária têmpera de vontade, Luiz XIV e o Pe. Antônio Vieira, afirmaram que a palavra mais difícil de pronunciar é "não". Estar em desacordo, protestar é coisa que só os neurastênicos e os originais podem achar agrado. Discordamos por obrigação de consciência. Mas quando encontramos algum motivo razoável de bater palmas e concordar, fazemo-lo de "grand coeur".

12 de maio - Nova et Vetera - São Basílio, Santo de nossos dias / Analogias entre os erros do século IV e os erros professados pelos totalitarismos. Exemplos concretos quanto às táticas utilizadas, quanto ao ensino escolar "neutro" e monopolizado pelo Estado, política da "mão estendida", etc. São Basílio enfrentou o totalitarismo do Estado do mesmo modo que os católicos do mundo de hoje terão de fazer perante os novos imperadores neo-pagãos e não coroados, sem vacilações nem conivências, sem concessões ao erro, sem mutilações da doutrina da Igreja, sob pretexto de proselitismo no campo contrário. Só assim podemos imitar o grande e Santo Doutor em sua desassombrada intervenção a favor dos humildes, dos fracos, de todas as vítimas da arbitrariedade, da tirania, das injustiças sociais. Só com esse verdadeiro conceito de Caridade, é que poderemos trazer à Igreja as multidões desgarradas, que hoje se debatem ao meio da mais completa miséria, principalmente espiritual.

12 de maio - Análise do resultado do plebiscito francês. O significado real era este: "sim ou não: a França quer o comunismo?" Hoje em dia as questões políticas não são puramente internas e só podem ser compreendidas em função constante da política internacional. - No país que fez a Revolução, o peso político mais forte é, hoje em dia, a opinião católica. Tudo passou, tudo virou pó. Só a Igreja está de pé. Stat Crux dum volvitur orbis.

19 de maio - A INVESTIDA SORRATEIRA DO DIVÓRCIO

19 de maio - Nova et Vetera - Criadores de ambiente / O LEGIONÁRIO por várias vezes denunciou um movimento iniciado em certos meios previdenciários e técnicos, no sentido de uma larga preferência por um plano governamental de conjuntos residenciais, para aluguel, com desprezo, ou mesmo repúdio, da casa própria, de iniciativa privada ou a cargo das chamadas autarquias. Esta política imobiliária é inspirada por quem apenas deseja aduzir água para o moinho do totalitarismo socialista.

19 de maio - Os Aliados estão cometendo erros não pequenos na Alemanha: deveriam eles apoiar as correntes de opinião e as forças sociais que se opunham e oporão sempre a uma re-nazificação daquele país. Suspensas pela polícia de ocupação as atividades do Partido Monarquista na Baviera. - Causou-nos fraternal satisfação a notícia de que viriam para o Brasil os membros do Exército Polonês que combateram contra o nazismo e o comunismo.

26 de maio - A LEI DO INQUILINATO. Negar que o lucro possa ser tirado da casa é negar que o lucro possa ser tirado do capital, é sustentar que só é legitimo que o homem possua o que é necessário ao seu uso pessoal.

26 de maio - Nova et Vetera - Shylock perante o Santo Ofício / Entre as questões candentes de nossa convulsionada época, se acha a de considerar se o regime capitalista, em si, é odioso e imoral. Presa a esta questão se acha a da legitimidade dos juros de interesse sobre o capital. Serão os juros, em si, injustos, criminosos e imorais? Descrição de como surgiu o capitalismo.

26 de maio - Todos os adversários do Catolicismo estão empenhados em confundir, tanto quanto possível, os campos e lançar o mundo no interconfessionalismo.

02 de junho - AINDA A MAJORAÇÃO DOS ALUGUÉIS. De lado a lado, há direitos, deveres, deve haver justiça, equidade, moderação. E, segundo a evidência, a imoderação não está apenas do lado do proprietário que extorque aluguéis excessivos, mas pode encontrar-se também no inquilino que os paga exageradamente baratos. A lei [do inquilinato] foi feita contra o proprietário, sem proveito para o inquilino, a favor dos mandarins de nossa alta finança.

02 de junho - Nova et Vetera - Sardinhas e tubarões / Inútil será a reforma social que se propuser, se os corações não estiverem preparados para recebê-la. E além de inútil, tal reforma será nociva e prejudicial, se além de desconhecer a malícia da natureza humana decaída pelo pecado original, se basear no exagero ou falseamento de uma verdade. Com efeito, o exagero de uma verdade é, em certo sentido, pior que a mentira deslavada. Pois podemos combater a mentira de frente, mas onde delimitar, em um exagero, até onde vai a verdade e onde ela começa a desaparecer? Está neste caso a questão dos juros e da usura.

02 de junho - Consagração do Brasil ao Imaculado Coração de Maria (texto belíssimo) / Em Fátima, aos pequenos pastores, Nossa Senhora exprimiu o desejo de que todo o orbe cristão se consagrasse ao seu Puríssimo Coração. Na presença de D. Carlos Carmelo de Vasconcelos Mota, Arcebispo Metropolitano de São Paulo, de considerável número de Arcebispos e Bispos do Brasil, do Exmo. Sr. Presidente da República e dignatários do Estado, S. Emcia. o Cardeal Arcebispo do Rio de Janeiro D. Jaime de Barros Câmara consagrou a nossa pátria ao Coração Imaculado de Maria, um dos atos de piedade mariana de maior significação na vida religiosa do País.

02 de junho - Em pastorais afixadas nas portas das igrejas, Prelados dos Abruzzo (Itália) condenam novamente o "velho liberalismo anti-clerical" e o materialismo marxista, inspirador do social-comunismo. - Episcopado da Sicília deliberou recusar os sacramentos aos que pertencem a partidos que defendam o materialismo e a luta de classes. E advertiu aos fiéis que constitui pecado mortal não somente votar em tais partidos, mas ainda recusar seu voto aos partidos que tenham programa declaradamente católico.

02 de junho - Comentando... "Mensagem de Fátima" / Necessidade do culto ao Imaculado Coração de Maria para que os homens, por meio deste Coração Imaculado, possam alcançar o perdão dos pecados, a emenda da vida e o beneplácito divino. Vê-se, pois, a íntima relação que há entre a devoção ao Imaculado Coração de Maria e a consoladora verdade que é a mediação universal de Nossa Senhora. Verifica-se a predição do grande servo de Nossa Senhora, o Bem-aventurado Luís Maria Grignion de Montfort: é preciso que venha o Reino de Maria, para que advenha o Reino de Cristo.

09 de junho - AS ELEIÇÕES [na Itália e na França]. Os católicos tiveram uma vitória estrondosa que proclamou com estrépito, no mundo inteiro, o empenho de ambos países em permanecerem fiéis à Igreja. O mal mostrou uma fraqueza patente. O bem atestou uma vitalidade que a muitos parecia impossível neste século. Esta situação cria para nós, católicos, uma tremenda responsabilidade quanto ao futuro.

09 de junho - Na Itália, a monarquia perdeu as eleições por fraca diferença de votos. O chefe do Partido Comunista italiano disse que a derrota da monarquia era a derrota do Vaticano, e que, derrubado o trono, os comunistas tinham obtido o essencial para chegar à conquista do país.

09 de junho - Nova et Vetera - A arca e o dilúvio / A humanidade tem nas suas mãos o remédio para os seus males, e este remédio é a volta ao seio da Igreja, a confiança na eficácia de sua doutrina, pois as transformações sociais e econômicas por que passou o mundo, no que elas representam de decadência, de injustiça e de ausência de Caridade, se explicam justamente pela grande apostasia que afasta a sociedade da Igreja, e que divide a Cristandade. De modo que responsabilizar a Igreja pelo fato de não haver impedido essa desagregação social a que chegamos é, no dizer de Chesterton, o mesmo que responsabilizar a Arca de Noé por não haver impedido o dilúvio. E estará neste caso quem, desconhecendo as atuais condições da vida social, responsabilizar a Igreja pelo fato de não evitar os males do capitalismo, ao permitir a percepção de um juro moderado sobre o capital.

16 de junho - FALSA ALTERNATIVA. Muitos há que têm pensado que diante da inevitável alternativa entre o excesso da liberdade ou o abuso de autoridade, o liberal era partidário do primeiro e a Igreja do segundo. A Igreja contesta o valor científico da alternativa anarquia-despotismo. Há uma raiz comum entre o liberalismo e o despotismo. Que despotismo? As questões de cor política não interessam. O despotismo é sempre despotismo. Qual a atitude verdadeiramente eficaz ante um monstro apocalíptico, reunindo a falsidade da raposa à violência do tigre?

16 de junho - Nova et Vetera - A socialização da medicina / Lenine explicou a razão pela qual, para o marxista, um bom sacerdote é mais nocivo do que um mau padre. É que por um mau padre a religião ficava desacreditada e por um bom, ficaria reabilitada. A mesma coisa se aplica aos hospitais voluntários. É inconveniente para sua teoria (dos comunistas) que tanto dinheiro acumulado pela poupança haja sido gasto em atos de caridade para com os desprotegidos da sorte.

16 de junho - Inglaterra ruma ao socialismo: Júpiter era representado pelos antigos como tendo nas mãos um feixe de raios. Os gregos não pensaram em outra coisa incalculavelmente mais temível: Júpiter tendo nas mãos um maço de decretos-lei. - Líder comunista no Parlamento francês fez discurso em que apontou o Estado leigo como o ideal do comunismo e preconizou uma marcha ainda mais acentuada dos franceses para a laicidade.

23 de junho - O "camarada" Molotov protestou veementemente contra a propaganda monarquista na Itália. - Comunistas trabalham ativamente para despojar a Itália de sua zona de influência no Mar Adriático. - Começou o julgamento do maior farsante e do mais insigne traidor da II Guerra: von Papen, outrora figura de destaque dos círculos católicos alemães, foi traidor da Igreja e serviu-se de seu prestígio nos meios católicos para entregar o Catolicismo à sanha perseguidora de Hitler.

23 de junho - Nova et Vetera - Bota de sete léguas na estrada do totalitarismo / Já no Império Romano, a política dos Césares foi sempre vizinha do socialismo. Através de um socialismo mitigado, pouco a pouco o cesarismo foi falseando as noções econômicas, a fazer entrever aos olhos cúpidos da massa uma nova organização da sociedade, uma repartição diferente dos bens deste mundo, “enfim uma espécie de terra prometida, na qual o Estado faria o papel de providência universal, e onde seria suprimida aquela lei do esforço”. Hoje vemos esses mesmos sinais de decadência que caracterizaram a ruína do Império Romano. Promete-se libertar o homem da miséria, do desemprego, da ignorância, da imundície, mediante a guerra - ostensiva ou camuflada - ao capital, à propriedade, a todos os direitos legítimos. Os indivíduos abdicam de sua liberdade e de sua iniciativa em favor do Estado, que em troca será a Providência dos cidadãos: dar-lhes-á alimentos racionados, casas em série, roupa padronizada, medicamentos, hospitais, escolas, creches, diversões e funerais... - Vejamos outras facetas dessa obra de iniquidade praticada por tartufos que, sob pretexto de desfazer as injustiças sociais, lançam o mundo no mais negro dos despotismos: as leis sobre a aposentadoria para os homens e as mulheres.

30 de junho - Congresso das Escolas particulares em Belo Horizonte. O Estado, no que diz respeito à educação, tem um papel apenas supletivo. Mas ao desempenhá-lo, pode criar situações tais que venha praticamente exercer o monopólio educativo, matando a iniciativa privada, sobretudo da família, como acontece nos regimes totalitários.

30 de junho - Nova et Vetera - Caminhos indiretos para o Cesarismo e a escravidão / Ardis de uma propaganda bem montada - Ao lado de muita gente sabida, que não ignora de onde sopram os ventos das falsas reformas preparadoras do totalitarismo socialista, também aparecem esses ingênuos que inconscientemente fazem coro nesse orfeão de encomenda, anchos (vaidosos) de assim se apresentarem como cidadãos esclarecidos e benfeitores da causa da civilização cristã, pois servem de traço de união entre a Igreja e as conquistas cristalizadas do espírito revolucionário de 1789.

07 de julho - POLÍTICA INTERNACIONAL. Por ocasião do recente Congresso Eucarístico, o Santo Padre fez referências verdadeiramente desalentadas à situação internacional. Outrora, a diplomacia era polida, luzidia, elegante. Os diplomatas, hoje, atiraram ao canto as luvas de pelica e adotaram as de box. Estamos como o Império Romano nos últimos dias que precederam a invasão dos bárbaros. O grande mal de que sofremos não é só a guerra. É a paz que não seja a de Cristo no Reino de Cristo.

07 de julho - Nova et Vetera - Bolchevistas e muçulmanos, ou a ameaça do Oriente / O LEGIONÁRIO por mais de uma vez já se ocupou do problema da ameaça que representa para a civilização católica o movimento muçulmano. Eis porque procuraremos mais uma vez ilustrar nossa tese com os seguintes comentários publicados no semanário católico inglês “The Tablet”, de 2 de março do corrente ano (1946), sobre o perigo muçulmano e sua exploração pela propaganda soviética. Um governo mundial em que eventualmente o destino da humanidade esteja confiado a um Molotov qualquer, um tal supergoverno de fato eliminaria o terror da face da terra, ou, pelo contrário, não estaríamos em sua presença face a face com o filho da iniquidade?

07 de julho - Na Europa, mais um triunfo da opinião católica: eleições para a Constituinte bávara. - Em Carlisle, três horas antes de ser lançada a bomba atômica, os amigos dos animais fizeram celebrar um ofício religioso especial para sua proteção. Quando desaparece o espírito sobrenatural, a caridade ou degenera em romantismo adocicado, e se torna ridícula, ou desaparece sob as lufadas do egoísmo.

14 de julho - A POSIÇÃO DA SANTA SÉ. O mundo contemporâneo perdeu completamente a noção do que seja a Cristandade. Todos os povos católicos tem o dever de professar, conservar e propagar a verdadeira Fé. Se todos os Estados católicos fossem dignos deste nome, constituiriam entre si um poderoso grupo de povos, naturalmente unidos na consecução de um supremo fim comum. A Cristandade está quase tão completamente arrasada quanto o templo de Jerusalém. Olhamos esta poeira de ouro com carinho e saudades.

14 de julho - Nova et Vetera - Clericais, reacionários e cripto-fascistas / Emprego desses termos para tentar desacreditar os católicos

14 de julho - O resultado da reunião dos "Quatro Grandes": magro e perigoso. Trieste, um "novo Dantzig", uma ferida aberta no mapa europeu. O problema em foco transcende o "caso" político do Adriático. Está em jogo a defesa dos últimos frangalhos da civilização cristã. Como pode um católico olhar este fato sem pesar e sem apreensão? - O caso alemão: até quando a URSS se sentirá no direito de permanecer no coração da Europa, fazendo de senzalas as mais prósperas e gloriosas cidades da Europa central?

14 de julho - A Rosa de Ouro da Princesa Imperial / Como se sabe, um dos títulos de glória da civilização cristã consiste em haver abolido a escravidão na Europa. Em todas as grandes civilizações pagãs da África e da Ásia, a escravidão era um instituto geralmente admitido e adotado. A Grécia o herdou do Oriente. Roma também conheceu a escravidão. Os romanos acresceram desmesuradamente o número dos escravos, que nos mercados de Roma um homem chegou a custar menos que um rouxinol. Sobrevindo a Idade Média, o destino dos escravos foi sendo lentamente melhorado e por fim, pela primeira vez na História, um continente inteiro deixou de ter escravos. A Renascença foi uma verdadeira ressurreição do paganismo e trouxe consigo uma ressurreição da escravidão. O homem cúpido e prepotente do Renascimento restaurou em terras da América o cativeiro. Lutando obstinadamente contra este fato, a Igreja conseguiu evitar de um modo geral o cativeiro dos índios. Mas não chegou a evitar o dos negros. Ficava, pois, a nódoa. Era preciso apaga-la. - Um importante efeito da Carta de Leão XIII aos Bispos do Brasil para a libertação dos escravos e que talvez ainda não tenha sido devidamente apreciado por nossos historiadores.

21 de julho - A deflação / A sociedade de aço e cimento que se vai formando por toda a parte não é uma ordem nova. É a metodização e a sistematização da suma desordem. Durará esta era de aço até que as forças íntimas de desagregação se tornem tão veementes que nem sequer tolerem mais a organização do mal. Estamos no instante providencial em que podemos instruir-nos com o passado e considerar a advertência deste futuro. O maior mal do Brasil não é a inflação monetária. É a deflação dos caracteres. Se houvesse mais honestidade, a situação financeira seria muito melhor.

21 de julho - Trieste passou a ser uma "terra de ninguém" em que os bolchevistas tudo fazem para dominar a situação. - Na Itália, a proclamação da República implicou em greves e agitações sociais. - Muçulmanos se estruturam cada vez mais fortemente. Não tardará que apareçam também as questões internacionais, o atrito entre o neo-arabismo, de metralhadora em punho, contra o Ocidente dividido, anarquizado, extenuado.

28 de julho - Uma glória da Igreja, na História do Brasil / No primeiro centenário da Princesa Isabel, aspectos de sua personalidade ainda não conhecidos devidamente. O pesar que sua morte causou foi, para todos, um pouco como o da morte de um membro de sua própria família. Era uma popularidade pessoal que lhe vinha de suas virtudes. Era o tipo da grande dama brasileira de seu tempo, nobre, maternal, bondosa, que sabia fazer-se respeitar sobretudo pelo amor.

28 de julho - Os partidos comunistas europeus estão começando a tomar ares de independência em relação à URSS: não se trata de uma evolução, mas de uma manobra. - Um dos maiores perseguidores dos católicos alemães pediu ao Santo Padre que interviesse em seu favor, no que foi atendido paternal e benignamente. Todo o mundo se edificará com tamanha clemência, excetuando-se os comunistas, que atacaram ferozmente o gesto do Pontífice.

28 de julho - Nova et Vetera - Moeda falsa de curso forçado / Atrás da palavra “reacionário” se acha a razão dessa campanha contra os católicos. Efetivamente, o próprio Conselheiro Acácio não teria dificuldade em dizer que "reacionário" é aquele que reage contra alguma coisa. E o desejo dos modernos artífices de erros políticos e sociais é justamente que não exista essa reação. Pela mesma razão detestam a ação do clero católico, que também lhes é contrária. Daí o anticlericalismo. E já dizia o sectário Léon Gambetta em seu tempo (séc. XIX): “o clericalismo, eis o inimigo”. - Jornal católico inglês "The Tablet": "Se a Inglaterra e os Estados Unidos desejam um terreno sólido em que possam basear a defesa de sua civilização, precisam começar por se preocuparem muito mais pelos fundamentos dessa civilização, em vez de procurar defender o fruto sem se interessar pelo que acontece à raiz. Tanto na Alemanha como na Checoslováquia os comunistas estão dizendo abertamente que se os partidos cristãos vencerem as eleições, a resposta será uma revolução. E é essa exatamente a linguagem da esquerda espanhola quando os católicos ganharam as eleições em 1934".

04 de agosto - Uma glória da Igreja na História do Brasil - II / A propaganda republicana jamais desarmou contra a Princesa Isabel, a "redentora". Ela teve de enfrentar ao mesmo tempo o anticlericalismo e o moderantismo "católico". A Princesa prometia ser um obstáculo insuperável aos empreendimentos dos inimigos da Fé. Os visitantes que vão a Paray-le-Monial (Santuário mundial do Sagrado Coração de Jesus) se espantam em ver como, nos ex-votos de todos os países, sobressaem os do Brasil. Foi a Princesa Imperial que, no exílio, providenciou estas oferendas. Tolhida de bem fazer à sua Pátria por outros modos, seu delicado coração encontrou este meio de servir ainda o Brasil.

04 de agosto - Discurso do visconde de Cranborne sobre a situação da Europa. "O mundo tem um problema que sobrepuja todos os demais, isto é, a Rússia". A URSS quer manter obstinadamente o "statu quo" na Europa atual, fixando sob a hegemonia soviética sobretudo o centro europeu e os Balcãs, e isolando-os do resto do mundo com uma cortina de ferro intransponível. - O maior bluff da história contemporânea foi a política de simpatia para com a Igreja desenvolvida pelo nazismo nos primeiros dias de governo de Hitler. Depois deste, não há outro maior que a reconstituição da Igreja cismática pelos bolchevistas ateus.

04 de agosto - Comentando... O grande ausente / Não são os equilíbrios de interesses nem as transações diplomáticas que podem produzir a paz, mas somente a volta da Humanidade para Deus. A paz, antes que mais nada, é um fruto espiritual, uma consequência das consciências retas e está em íntima relação com o bem comum sobrenatural. Os Estados que dominam vastos territórios e incluem muitas populações adotam a forma descentralizada e federativa, baseando a sua unidade principalmente na identidade de cultura dos súditos que é um fator espiritual ainda mais do que temporal. Os Estados podem garantir até certo ponto a ordem pública, mas a paz é fruto da graça de Deus.

11 de agosto - O GRANDE ABANDONADO. Constitui-se a ONU e o Santo Padre a ela não pertence. O termômetro por onde se mede o fervor de um católico é sua devoção ao Papa. - Como se compreende completa e rapidamente aquilo que já se começou a amar! E como é difícil entender bem todo o alcance, sentir todas as conseqüências daquilo que não se ama! - O direito nada mais vale, na generalidade dos debates internacionais. A "Dama Moral" está hoje mais abandonada do que a "Dama Pobreza". Posta à margem, ela se encolhe ao seu único refugio natural, isto é, à sombra do Vigário de Cristo.

11 de agosto - Nova et Vetera - Cegos e surdos voluntários / Louis Veuillot, em introdução às obras completas de Donoso Cortês, revelava as previsões do grande pensador espanhol quanto ao avassalamento da Europa pelo despotismo socialista. Isto no século XIX, antes do próprio nascimento de Lenine: "Entre o despotismo moscovita e o socialismo europeu, existe uma afinidade profunda. Isoladamente, agem do mesmo modo e um pelo outro; dia virá em que exercerão uma única e mesma ação. Quando o socialismo houver destruído o que deve naturalmente destruir, isto é, os exércitos nacionais, a propriedade pelos confiscos, a família pelos costumes e pelas leis. E quando, por outro lado, o despotismo moscovita houver crescido e se fortificado como deve naturalmente se fortificar e crescer, então o despotismo absorverá o socialismo e o socialismo se encarnará no Tzar... Os socialistas ajudarão o Tzar a encarcerar a consciência, que é a liberdade em seu último refúgio. Eles lhe denunciarão todo pensamento bastante audaz para lhe recusar adoração... Nosso século verá, talvez e sem surpresa, governantes que se dizem cristãos guiar ao coração da Europa exércitos de infiéis que virão ali estabelecer o despotismo anticristão..." Estamos diante de simples conjeturas, sem dúvida, mas essas conjeturas nada têm de contrário à razão, nada de contrário aos ensinamentos da História. O colosso que aterroriza os olhares do homem de Estado pode ruir em uma hora, a um simples sopro de Deus; as chagas profundas que devoram a Europa podem, se Deus o desejar, cicatrizar-se instantaneamente".

11 de agosto - O Cardeal-Patriarca de Lisboa virá inaugurar a Universidade Católica de São Paulo. De mãos dadas com as nações do Continente em tudo que diz respeito à defesa comum, os brasileiros devem ter na latinidade católica os olhos e o coração. E dentro da latinidade, nosso papel natural é de membros da grande família lusa, afetuosa e obstinadamente unidos ao pequeno mas tão grande Portugal. - Attlee está sendo para a Inglaterra um destruidor, que não arrasa à maneira da tempestade, mas à maneira do cupim. Sem glória, sem luta, mas inexoravelmente. 

18 de agosto - CRISTANDADE. Hoje, mais do que nunca, se tem insistido na noção de que todo o católico é obrigado a fazer apostolado. Ora, se milhões de católicos, pessoalmente tomados um a um, são obrigados a fazer apostolado, é bem evidente que a coletividade formada por estes milhões de homens tem o mesmo dever.

18 de agosto - Nova et Vetera - O reinado da euforia / Esses católicos que transformaram o Evangelho em um mero instrumento de conquistas sociais, não podem suportar as vozes que se levantam, como a de Donoso Cortês, para colocar o problema em seus verdadeiros termos e para lembrar à humanidade que para ela não haverá salvação a não ser por melo dAquele que é o Caminho, a Verdade, a Vida, que o Divino Salvador não veio à terra para mostrar que Sua doutrina é boa porque produz o bem estar social, mas para mostrar que o bem estar social deve ser uma consequência da aceitação e da prática de Sua doutrina, pois a primeira obrigação do cristão é procurar o Reino de Deus e Sua justiça e o resto lhe será dado como acréscimo - A filosofia da história vista por Donoso Cortês: a luta das duas Cidades. “Agradeçamos a Deus por nos haver concedido o combate; e não exijamos, além desse favor, a graça do triunfo Àquele que concede aos que combatem generosamente por Sua causa uma recompensa bem maior e preciosa para o homem do que a vitória terrena”.

18 de agosto - Os problemas do Oriente hão de ocupar forçosamente um grande papel na vida política contemporânea. Com a descristianização do mundo, a riqueza tornou-se o principal fator de poder: os orientais tem riquezas. Os ocidentais estão porfiando entre si para colocar a bom preço nos mercados do Oriente as armas que este um dia voltará contra nós. Estamos cometendo todos os erros que nos levam à ruína. - O martírio do povo chinês está longe de ter chegado ao seu termo. - O principal objetivo do movimento pan-islâmico é o ideal religioso de soerguer o mundo maometano.

25 de agosto - Na Turquia, o procedimento da URSS é absolutamente idêntico ao do governo nazista, quando queria fazer a anexação de algum país limítrofe. A identidade de métodos revela claramente a identidade de espíritos entre os dois totalitarismos que o LEGIONÁRIO não tem cessado de combater. - Na Reggio-Emilia foram massacrados 15 sacerdotes católicos. Em conseqüência, Pio XII interditou a cidade (censura gravíssima). 

25 de agosto - Nova et Vetera - "Tende confiança. Eu venci o mundo" / Na antiguidade não pode existir tirania em grande escala, se excetuarmos a de Roma. Presentemente, as veredas estão preparadas para um tirano gigantesco, colossal, universal. Não mais há resistências materiais, porque com os modernos meios de comunicação não há mais fronteiras e com o telégrafo não há mais distâncias. Não há mais resistências morais porque todos os espíritos estão divididos e todos os patriotismos estão mortos. E cerca de um século antes do aparecimento da bomba atômica, Donoso Cortês já previa o aparecimento do Omniarca do totalitarismo pagão e socialista, cujo despotismo seria facilitado pelos progressos da técnica.

1° de setembro - O CARDEAL CEREJEIRA E A UNIVERSIDADE CATÓLICA. Serão pouquíssimos os que possam atinar com a verdade fundamental para discernir a influência das várias forças sociais no governo dos homens. Para a descobrir, não basta inteligência nem cultura. É preciso algo incomparavelmente mais precioso: bom senso. Este ensina que os homens são governados por forças mais ativas e subtis do que a espada ou mesmo o ouro. O mundo sempre foi e será sempre governado pelas idéias. A glória do intelectual é que ele domina até quando parece não dominar. Obedecem-lhe os que nunca o leram e talvez nem sequer lhe tenham ouvido o nome. Paul Bourget escreveu que toda a vida é uma metafísica em ação. O verdadeiro governo do mundo pertence aos apóstolos da metafísica e da mística, ou aos fabricantes de místicas e metafísicas. Daí toda a importância que pode ter na vida do país uma Universidade Católica.

1° de setembro - Nova et Vetera - O espírito surdo e mudo / Diz São Pedro em sua segunda Epístola que a heresia é pior do que o paganismo, isto é, o estado do pagão convertido ao Cristianismo e que depois cai na heresia, passa a ser pior que a sua primitiva condição de gentio. E isto que se diz de um simples fiel extraviado, pode-se também dizer de um povo ou da humanidade em geral. Eis porque Pio XI (Encíclica “Divini Redemptoris”) declara que a humanidade está ameaçada de cair em um estado pior que o existente no mundo antes do Advento de Nosso Divino Redentor e isto porque, depois de conhecer a Verdade dos Evangelhos, os homens acabaram por repudiá-la. Nesse império da prudência da carne, são postos de lado como velharias inconcebíveis na era da energia atômica, os recursos que o Soberano Senhor de todas as coisas colocou à disposição dos homens para aplacar o castigo do Céu diante das ignomínias deste mundo: a oração e a penitência. Em Lourdes e em Fátima, a Santíssima Virgem não nos pediu que embarcássemos em grandes empreendimentos de salvação social, apenas nos recomendou a oração e a penitência, armas idênticas às empregadas por São Domingos contra os males de sua época.

1° de setembro - Na Itália e na França bastava, para consolidar a vitória, que fosse assegurada a união entre os católicos. De Gasperi decepcionou as mais longânimes expectativas. Com sua atitude anti-monárquica, deu ao comunismo um handcap precioso, com o que pôs de sobreaviso numerosos católicos. Este gesto traria forçosamente a divisão, que se deu: acaba de fundar-se o Partido Nacional Cristão. - Discurso de Tito: o Clero não interfira em questões políticas. Vaticano: compete à política de não se imiscuir em assuntos de Religião.

8 de setembro - Os católicos que romperam com De Gasperi foram forçados por um dever de consciência porque ninguém pode prestar colaboração ao mal. Os fundadores do Partido Nacional Cristão foram leais: continuaram a dar sua solidariedade ao PDC em tudo que este fizesse pela Igreja. Porém, mais uma vez por mera culpa do PDC, está a polêmica patente ao público. - Circular da Sagrada Congregação dos Seminários impondo "clara separação dos sexos" nas escolas católicas do mundo inteiro.

8 de setembro - Nova et Vetera - Da borduna comunista ao curare socialista / Evitemos a arapuca tanto da “revolução” quanto da “evolução” socialista. Usemos a limalha do bom senso católico para descobrir a origem comum dessa atração magnética que leva a humanidade ao império do omniarca totalitário sonhado pelo espírito das trevas.

15 de setembro - OS "SQUATTERS" E A MORAL. A questão dos desempregados londrinos que se instalaram em certos edifícios desocupados pelo governo. Em princípio, a ocupação dos prédios vazios pelos squatters que não tivessem outro meio de subsistir honestamente, era justificável. Mas o direito dos proprietários a seus bens nem por isto desapareceu; o que não for isto é roubo. Se o amor ao povo é um bem, a demagogia, o igualitarismo intransigente, irritadiço é um erro, e mais do que um erro: é um crime. E quase sempre é também uma verdadeira e odiosa psicose.

15 de setembro - Nova et Vetera - Uma questão de coloração / O nazismo e outros regimes totalitários viveram em um ambiente em que imperava como senhor absoluto o fato consumado. De nada valiam argumentos e apelos ao direito, à justiça, ao bom senso, ao decoro. Os führers, duces e demais morubixabas eram logo guindados à categoria de homens providenciais e ai daqueles que ousassem discordar desse consenso unânime “planificado” pela propaganda oficial. Tudo, por definição, tinha que estar certo, por partir de onde partia. Vemos a continuação dessa atmosfera de fato consumado no modo como é encarado o problema do socialismo e do comunismo: o preço do afastamento do espantalho do bolchevismo será o próprio bolchevismo com outra coloração. Os venenos mais perigosos são justamente aqueles facilmente confundíveis com inocentes alimentos benéficos à saúde. Do mesmo modo, as formas atenuadas de socialismo são mais perigosas que o comunismo. Exemplificando com o guia intelectual do Partido Trabalhista britânico, Mr. Harold Laski.

15 de setembro - "Sinopse do Censo Demográfico de 1940": de 41.236.315 habitantes no Brasil, 39.177.880 se declararam católicos. - O caso dos squaters ingleses e seu aspecto político: se o premier britânico tivesse agido com intenção de favorecer o comunismo veladamente, teria feito precisamente o que fez. Os vários erros cometidos por "esse medíocre e suspeito Chamberlain da esquerda". - Pastoral do Episcopado polonês denuncia a perseguição que os soviéticos movem contra a Igreja Católica em seu país.

22 de setembro - O PREÂMBULO - As várias Constituições brasileiras e a questão da laicidade do Estado face à doutrina católica. Posta a atual situação, seria conveniente a união da Igreja e do Estado? 

22 de setembro - Devemos auscultar em todos os seus sintomas as grandes transformações por que vai passando a alma do Brasil, seus costumes, sua estrutura social. Devemos auferir o valor de todas estas transformações à luz da doutrina católica. Devemos pressentir o que conduz para Cristo. - "Osservatore Romano" publica artigo sobre a atitude da América Latina perante a Itália. - A verdadeira mentalidade socialista e comunista no mundo inteiro face à "liberdade de pensamento": o exemplo italiano. - Governo comunista iugoslavo prende Mons. Stepinac, arcebispo de Zagreb. - Crescimento do nacionalismo anti-europeu e anti-americano das nações pagãs da Ásia. Dia virá que se compreenderá que não exageramos a gravidade deste fato. - Inércia do governo trabalhista inglês diante da ofensiva comunista dos squatters.

29 de setembro - IGREJA E ESTADO. Em uma posição de sumo equilíbrio, sem recriminações injustas nem indulgências impregnadas mais de espírito "bonacheirão" do que de verdadeira e sadia caridade, prossegue-se na análise da Constituição de 1946. - A Igreja é a tutora do direito natural. Tudo quando consolide dentro da sociedade civil a justiça e a moralidade é serviço prestado à Igreja. Por isto mesmo, não podemos deixar de louvar esta Constituição pelo esmero com que cuida das garantias do Poder Judiciário.

29 de setembro - Na Argentina, idêntico movimento ao dos "squatters" ingleses se organizou. Repercutiu prontamente no Prata o que ocorreu no Tâmisa. - Partido Comunista da Itália deliberou lutar energicamente a favor do laicismo de Estado. - Sobre as acusações pronunciadas pelo promotor iugoslavo contra Mons. Stepinac. - Arcebispo de Trieste e Cabo d'Istria anuncia: 5 sacerdotes foram forçados a abandonar a parte de Veneza-Giulia ocupada pelos iugoslavos por perseguição religiosa.

1946-10-06 - Sete reflexões sobre a sentença de Nuremberg / Como de costume, seremos imparciais, e mostraremos que de ambos os lados houve erros e falhas muito graves a assinalar quanto àquele Tribunal. Não foi jamais nas fileiras dos fanáticos de qualquer causa que o LEGIONÁRIO recrutou seus amigos. Desejamos tão somente os aplausos dos que colocam acima de tudo "o reino do Céu e sua justiça", e do alto deste ideal sabem considerar com imparcialidade as rivalidades dos homens. É para estes, pois, que escrevemos o presente estudo.

6 de outubro - Um inimigo desmoralizado é mais autenticamente um cadáver do que um morto glorificado pela auréola do martírio. Por que não admitem os comunistas iugoslavos alguns ingleses e americanos no tribunal que julga Mons. Stepinac? - O Cardeal-Arcebispo de Londres pediu ao gabinete trabalhista que interviesse em favor de Mons. Stepinac. Atenderão ao pedido do Prelado? - Também na França os "squatters" começaram a ocupar edifícios.

13 de outubro - AS RAZÕES DO PROCESSO CONTRA MONS. STEPINAC. Quais as vantagens que a propaganda soviética auferiu com o processo? Desde que o governo soviético sentiu que não poderia atrair para o ateísmo as massas eslavas, resolveu mover para a esquerda o próprio corpo docente da Igreja cismática, fazendo o comunismo entrar no âmago da população mas pela boca dos padres, bispos e arcebispos cismáticos. Uma das acusações mais fortes e insistentes contra Mons. Stepinac: teria promovido conversões forçadas de cismáticos ao Catolicismo. É o governo comunista de Tito assumindo, por meio de uma mentira despudorada, a liderança da reação cismática contra a Igreja Católica.

13 de outubro - Quando da queda da monarquia na Itália, tivemos ocasião de mostrar que a destruição do trono, abatendo um princípio secular de ordem e de autoridade, desenfrearia todas as ambições, todas as desordens, toda a demagogia que se exala das sociedades de post-guerra. É o que está se sucedendo. O sul católico e monarquista parece continuar ainda em ordem. Por quanto tempo? - Churchill estigmatiza a incapacidade e a deslealdade da política social do Partido Trabalhista. - O governo alemão da Baviera requisitou von Papen para o submeter a julgamento.

20 de outubro - A política religiosa da URSS com os cismáticos tende mesmo a transformar os sovietes em paladinos de tal religião, em todos os países da Europa Central, oriental, nos Balcãs. Iludem-se os que pensam que o processo de Mons. Stepinac é um fato isolado. - Tito foi declarado excomungado pela Sagrada Congregação do Concílio. - Arcebispo de Londres ordenou campanha de telegramas de todos os católicos ingleses ao gabinete trabalhista para que intervenha em favor de Mons. Stepinac. - Fica bem à Santa Sé parecer bem visivelmente enxotada de uma assembléia (Conferência de Paris) de que também foram desterradas a dignidade, a seriedade e a polidez das maneiras. - Execução dos principais chefes nazistas.

27 de outubro - AINDA A CONSTITUIÇÃO FEDERAL. A delicada questão do serviço militar dos clérigos. - A Igreja não priva a Pátria do braço do sacerdote quando o obriga a empunhar o rosário, e não o fuzil, no campo da luta?

27 de outubro - Infelizmente algumas de nossas previsões se vão realizando: exemplos diversos. - Prelado russo fugiu recentemente da URSS e foi para Roma, onde abjurou o cisma, reconciliou-se com a Igreja. - Por toda a Europa sob domínio bolchevista lavra a perseguição ao Catolicismo. - Exércitos comunistas estão perseguindo com violência os católicos chineses e obrigando-os a abjurar a religião. - Um problema que jamais deixaremos cair para segundo plano: a questão do Oriente: líderes pan-árabes da Índia estão promovendo "conversões" à força entre os brahmanistas.

3 de novembro - Caso idêntico ao dos squatters no Rio de Janeiro. Esse movimento de invasões urbanas continua veemente na França. A generalização de fatos como este revela a debilidade do senso de propriedade em nossos dias e concorre para fazer o jogo do comunismo. - Consideramos não só necessária, mas indispensável a máxima severidade no julgamento dos médicos que abusaram da ciência para cometer as maiores atrocidades nos campos de concentração. - A atitude aparentemente anticomunista do partido trabalhista britânico não deve inspirar confiança: sua política social combate de todos os modos a iniciativa privada. - Campanha de cartas injuriosas e anônimas contra o Papa por causa da atitude do Vaticano no caso iugoslavo.

10 de novembro - AINDA AS CAPELANIAS MILITARES. Dado o estrito laicismo da Constituição de 1891, não tivemos na I República capelanias militares. Os constituintes de 1934 as estabeleceram, o que já melhorava bem as condições em que se encontrava a Igreja, mas tinha, contudo, um lado humilhante e nocivo. Na Constituição de 46, não perdemos terreno nem ganhamos. Não vai nisto censura. Não estamos dizendo que tivesse sido prudente pedir mais do que o que se conseguiu. O mal não está em que tenhamos agido levando em conta tais circunstâncias. O mal está em que tais circunstâncias existam...

10 de novembro - 22 sacerdotes católicos da Colômbia romperam com a Santa Igreja. Um bispo que apostata, um sacerdote que rompe com a Santa Igreja é como uma coluna do firmamento que se parte, ou uma estrela que se apaga no Céu. Choremos, mas não permitamos que eles nos abalem a Fé. A santidade da Igreja não consiste em que jamais se verifiquem em suas fileiras fatos como estes. A história de nossa religião contém numerosos acontecimentos ainda mais tristes do que estes. Exemplos: por ocasião do cisma do Oriente, do protestantismo, da Revolução Francesa, as apostasias atingiram todos os graus da hierarquia e grande massa de fiéis. Nem por isto a Igreja de Deus deixou de ser santa.

17 de novembro - GENTILEZAS DE UM AMÁVEL JACARÉ, OU REFLEXÕES NUMA HORA DE ALEGRIA. A propósito da notícia de que o Pe. Geraldo de Proença Sigaud voltaria ao Brasil como Bispo de Jacarezinho, comentários a respeito da senhora sua Mãe: a grandeza da ancianidade cristã, santificada pelo mérito da maternidade, glorificada pela auréola discreta que os sofrimentos sofridos em união com Cristo deixam em toda a alma, em todo o semblante justo. Comparações com a velhice neo-pagã.

17 de novembro - Teoria extravagante: toda a ideologia, quando contrariada frontalmente, com isto mesmo se desenvolve. Não se extinguem os grandes erros atacando-os, mas deixando-os cair no esquecimento. É inegável que, em algumas circunstâncias muito especiais, o esquecimento é o melhor modo de combater certas doutrinas. Nem por isto se há de adotar, como regra comum de prudência, o princípio de que o melhor meio de extinguir incêndios consiste em os deixar lavrar à vontade. Aplicação à política face ao comunismo por parte da Democracia Cristã e do Movimento Republicano Popular, respectivamente na Itália e na França, que resultou no aumento da votação comunista. - Continua na Iugoslávia a perseguição religiosa. - Idem na Hungria. - Deliberação das autoridades bávaras de transformar em escola pública a residência de Hitler: quem não vê que será impossível evitar que este local se transforme em centro de "peregrinações" perigosas?

24 de novembro - Análise da moção de desconfiança que boa parte dos deputados trabalhistas propôs contra a política exterior do gabinete britânico: inspirava-se ela na idéia de que a íntima cooperação da Inglaterra com os Estados Unidos a lançava virtualmente numa política anti-soviética, cujo desfecho seria uma nova guerra mundial. Pois a URSS seria tão "pacífica" e os EUA tão "ambiciosos e agressivos". De onde a necessidade de isolar os americanos em "benefício" da paz. Isto é má fé ou tolice. - Recente Pastoral do Episcopado norte-americano: objetivo da última guerra estaria frustrado se nos limitássemos a atacar o totalitarismo pardo, deixando que o  totalitarismo vermelho se assenhorasse do mundo. - Na Itália, toda a imprensa tem acentuado o fracasso da política do P.D.C., que padece do mal de quem acende duas velas...

1° de dezembro - Se os homens responsáveis pelos rumos da política em nosso país estivessem diretamente jurados para lançar o Brasil nos braços de socialistas e bolchevizantes, não agiriam com mais perícia e habilidade, através da confusão das rixas e rivalidades pessoais, da falta de união de forças dos elementos conservadores. - França: renúncia de Bidault; os vermelhos dizem que seguirão “por caminhos diversos da Rússia”, que “o comunismo se orientará para o socialismo”, superando a etapa da “ditadura do proletariado” através de métodos democráticos. A subdivisão da esquerda em várias facções é mais uma questão de tática do que de princípios. - Na ONU Molotov fala sobre a redução dos armamentos e sugere que se proíba o uso da energia atômica para fins bélicos: palavra de soviético... - Reatamento das relações entre a Santa Sé e a Áustria.

8 de dezembro - A SANTA SÉ É ALVO DE UMA TORPE CAMPANHA DE DIFAMAÇÃO. Jornais anticlericias atacam a pessoa sagrada do Papa; onda de 
publicações imorais; o Tratado de Latrão não é mais observado; filial e vigoroso protesto do LEGIONÁRIO. - A exacerbação das paixões sensuais prepara os desordeiros capazes amanhã de todos excessos. Foi com estratagemas destes que se preparou Paris para os anos macabros de 1789,1790 e 1791, a tragédia russa de 1917 e a da Espanha em 1936. A verdadeira Itália está amordaçada.


8 de dezembro - Telegrama do LEGIONÁRIO ao Núncio Apostólico junto ao governo do Brasil manifestando sua inquebrantável e amorosa submissão à Santa Sé e protesto por campanha anticlerical. - Os nazistas não começaram imediatamente a perseguição contra a Igreja. Pelo contrário, cercaram-na de vantagens e garantias. Depois começou a se desenvolver a propaganda neo-pagã e totalitária do nazismo. Quando a Hierarquia começou a protestar, os nazistas se indignaram e tentaram suborná-la: ou a Igreja traía sua missão ou seria perseguida. E a perseguição se deu. Notícias procedentes da Polônia mostram o mesmo procedimento por parte dos comunistas. A única coisa que se exige da Igreja é que deixe de atacar o comunismo: neste caso terá tudo.

15 de dezembro - Continua investida anticlerical contra a Santa Sé na Itália. Incisiva reflexão do "Osservatore Romano": em Roma ataca-se impunemente o Papa. E, entretanto, se Roma existe, deve-o ao Papa. - Tito recebeu visita de um grupo de prelados da igreja cismática da Iugoslávia: prosseguem as relações cordiais entre os cismáticos e comunistas. O comunismo não é mais oficialmente ateu. Pelo contrário, colabora de bom grado com todas as igrejas e seitas que não contrariem sua doutrina política e social. E oferece à Igreja de Deus a mesma colaboração.

22 de dezembro - Junto ao Presepe

22 de dezembro - Constituinte italiana aprovou a incorporação do Tratado de Latrão à Constituição. - Edital da Arquidiocese de São Paulo: reinício das atividades da Liga Eleitoral Católica; os católicos, "por grave dever de consciência", devem recusar todo e qualquer apoio ao partido comunista e aos seus candidatos; em todas as igrejas da Arquidiocese seja lida a encíclica "Divini Redemptoris". - Ainda mesmo que o comunismo, além de repudiar o ateísmo, repudiasse também o amor livre e combatesse "apenas" a propriedade privada, continuaria absolutamente e fundamentalmente incompatível com o Catolicismo. - Explicação do porquê o direito de propriedade é tão fundamental, segundo a doutrina católica. - Comentário do Arcebispo de Londres: não compreende como a ONU se interessa tanto pela liberdade na Espanha e, contudo, se desinteressa de garantir as eleições livres na Polônia. - Continua veemente a luta, na Itália, entre católicos e anti-católicos: desencadeou-se grande campanha a favor do divórcio. - "Revolta" nas fileiras do Partido Trabalhista Britânico. - O governo está nacionalizando cada vez mais a economia inglesa. - Na França, sobe à cena Leon Blum: do que vale este anticomunismo cujo primeiro sintoma é fazer concessões ao comunismo?

29 de dezembro - Itália: Sumo Pontífice tem recebido numerosas manifestações de desagravo que demonstram que a campanha anticlerical e pornográfica é produto de manobras escusas e artificial - Nossas críticas ao gabinete trabalhista tem sido confirmadas pelos discursos de Churchill - De Gasperi não está contentando a ninguém (nem seus próprios partidários): é este o destino de todos os fracos, que procuram contentar a todo o mundo. A fábula do velho, do menino e do asno, é de uma atualidade perene; o colaboracionismo nunca é estático, e leva sempre ao abismo. Causa horror ver que no seio de um partido de católicos pode formar-se uma corrente de tal maneira transviada que chega a querer comprometer a causa católica - Os muçulmanos atuam com prestígio e com grandes trunfos políticos no Parlamento da Nação que outrora se orgulhava em chamar-se "la fille ainée de l'Eglise" - A questão muçulmana na Palestina e na Índia - Também os republicanos espanhóis estão bajulando os muçulmanos.