Cartas de elogio de personalidades eclesiásticas relativas a obras do Prof

Artigos em O Legionário,
órgão oficioso da Arquidiocese de São Paulo

ANO DE 1944

1° de janeiro - 365 DIAS EM REVISTA. Hitler: não se sabe até quando durará sua resistência. Maior ou menor, será todavia inútil, e constituirá a última loucura de sua doida e sanguinária trajetória - Pétain continua. Mas De Gaulle cresce a cada momento - O término do poderio totalitário, o desmascaramento completo das correntes totalitárias da Europa, tudo enfim confirma as previsões, a orientação, a política do LEGIONÁRIO - Mas o LEGIONÁRIO nasceu para lutar e por isto já pensa nos problemas do dia de amanhã: a influência soviética cada vez maior na política internacional - NO BRASIL: divórcio ensaiou nova ofensiva - campanha contra o clero estrangeiro - falecimento do Arcebispo de São Paulo e, entre outros sacerdotes, do Pe. Eustachio van Lieshout - publicação do "Em Defesa da Ação Católica" - série de artigos do Pe. Arlindo Vieira sobre a obra de Maritain "Les Droits de l'Homme" - Encíclica "Mysticis Corporis Christi": "talvez a maior graça do ano de 1943".

1° de janeiro - Alocução de Pio XII. O Papa sofre intensamente: a decadência moral do mundo, o prolongamento das hostilidades, os problemas do post-guerra são por ele tratados com evangélico desassombro mas com uma tristeza que se depreende de cada uma de suas palavras - Discurso de Pio XII ao Sacro Colégio Cardinalício: o ataque aéreo (fracassado) à Cidade do Vaticano - Einsehower: "os franceses participarão certamente do ataque contra a Europa (sob domínio nazista) e qualquer plano que os excluíssem seria ridículo" - Continua a mover-se o mundo muçulmano. Resolução da Liga Muçulmana: que a Líbia, a Tripolitania e a Cirenaica sejam consideradas nações independentes depois da guerra.

9 de janeiro - UM DISCURSO PROVIDENCIAL de D. Jaime de Barros Câmara, Arcebispo do Rio de Janeiro, acerca das Congregações Marianas (CM): 1°) as C.M. não devem ser um movimento de elite social. Nas fileiras católicas, o aristocrata, o burguês, o operário, têm cada qual seu lugar; 2°) nelas há lugar para as pessoas de todos os estados ou idades. Entretanto, nem para todos os estados compete o mesmo lugar; 3°) "um critério seguro e rígido na escolha dos elementos que aspiram a fita de Nossa Senhora" - Toda organização apostólica que queira ter títulos para vencer no apostolado deve, antes de tudo e acima de tudo, saber formar - O apostolado não é um pacto do católico com o mal que há no mundo. É um repúdio de todo mal e de viseira erguida - Sem vida interior, sem piedade sólida e profunda, sem verdadeira instrução religiosa, não há apostolado fecundo - Procurar resultados práticos, enunciar verdades substanciosas, dar diretrizes precisas: é nisso que se pode essencialmente conseguir, em matéria de apostolado, a maior glória de Deus.

9 de janeiro - Governo nazista tornou obrigatório o comparecimento das tropas S.A. e S.S. às cerimônias religiosas próprias a esta época do ano: uma de suas muitas hipocrisias com que só os incautos ou os ingênuos incuráveis se podem iludir - Não podemos deixar de continuar a deplorar a soltura do líder fascista inglês Oswald Mosley - Fala-se muito na diferença entre o nazismo e comunismo. O LEGIONÁRIO sempre mostrou que essa diferença é nula. Um dos aspectos típicos do nazismo é seu ódio a todos os elementos da antiga aristocracia européia. Perseguiu-os com o ódio feroz e estúpido dos comunistas. E até agora, quando o nazismo está em vias de esboroamento, continua nessa perseguição. O Príncipe e a Princesa de Bourbon-Parma foram presos na França e retidos num campo de concentração na Alemanha.

16 de janeiro - Bombardeio na Cidade Eterna: causa-nos real mágoa que o solo de São Pedro tenha sido alvo de bombas morticidas, e isto a despeito do protesto do Vigário de Cristo - A Costa Rica acaba de adotar um Código de Trabalho declarada e explicitamente fundado nos documentos pontifícios. Mais ainda: o texto do Código foi enviado ao Sumo Pontífice - Embaixada britânica inaugurou exposição de fotografias no Rio de Janeiro, destinada a documentar as atividades católicas desenvolvidas na Inglaterra. Ao mesmo tempo continua intensa a oposição católica a um projeto de lei que priva os católicos de qualquer participação eficaz no sistema educacional inglês - Consideramos de origem comunista os movimentos esboçados nos Balcãs para a abolição da monarquia na Grécia, Iugoslávia e Rumânia - Em breve reunir-se-á no Cairo a famosa Conferência destinada a congregar em um todo político os muçulmanos.

23 de janeiro - SEMANA DA CATEDRAL. Exposição de motivos para incrementar a coleta de donativos para o término da construção da catedral de São Paulo. Fomos uma das cidades em que mais rapidamente se construía no globo e que tanto se orgulha de seu progresso neste sentido. Impõe-se a ela como um dever, pois, a construção célere e magnífica de sua catedral. Crescem os arranha-céus? Se não quisermos ficar pequenos dentro deles, se não nos quisermos sentir pigmeus diante da obra de nossas próprias mãos, façamos crescer também, e ainda mais, as nossas almas. E estas só são grandes na medida em que se aproximam de Deus.

23 de janeiro - Resumo da alocução de Pio XII aos membros da Nobreza romana e alguns comentários. "Atualmente estamos testemunhando um dos maiores incêndios (morais) da História". De onde tamanha desgraça? Dorme a Divina Providência? Nunca. Poder-se-ia dizer que a misericórdia de Deus transparece mais claramente sobretudo quando castiga. Ai daqueles sobre quem tarda a vir o castigo de Deus! - Átila era um bárbaro que conhecia apenas alguns rudimentos da ordem natural. Hoje é um apóstata. Sua ferocidade se fez maquiavélica, sagaz, técnica. No século V Átila só matava corpos. Batizado, aprendeu que há almas. Hoje, apóstata, ele prefere matar almas! No século V, era sobretudo um bruto. Hoje, é antes de tudo um demônio. E, como todos os seus congêneres, é igualitário.

30 de janeiro - UMA EXPERIÉNCIA QUE NÃO DEVE SER ESQUECIDA. O fracasso da Liga das Nações. Esta quis ser um vasto conselho de todos os povos do universo, em que as questões internacionais fossem resolvidas segundo a justiça e a equidade pelo voto das delegações presentes, e já não pudessem gerar guerras como o primeiro grande conflito mundial... mas do qual o Papa estava ausente. Cultivar a paz em um mundo laico, em uma organização laica, é o mesmo que cultivar rosas ou lírios nos arenais do Saara. Fala-se muito na organização do mundo post-guerra. Queiram-no ou não os homens, o segredo da durabilidade, da dignidade, da glória dessa organização estará na situação que, nela, ao Sumo Pontífice se atribuir. Com Cristo tudo florescerá. Deus nos livre de que se queira organizar o mundo sem Ele.

30 de janeiro - Nova et vetera - Um Imperador Católico / Diz Nosso Senhor que todo homem instruído no que respeita ao reino dos céus “é semelhante a um pai de família, que tira de seu tesouro coisas novas e velhas”. Daí o título desta seção (Nova et vetera) que hoje se incorpora às páginas do LEGIONÁRIO - Louis Veuillot ("maior ultramontano leigo de todos os tempos"): Carlos Magno e Napoleão Bonaparte - Carlos Magno não é somente mais piedoso que Napoleão, mais esclarecido em sua fé, mais largo em suas vistas e em suas obras. Ele é incomparavelmente mais civilizado.

30 de janeiro - Jornal londrino "Daily Scktch": as autoridades nazistas que ocupam Roma pediram permissão ao Papa para organizar um filme sobre a situação atual do Vaticano. Pio XII teria se recusado categoricamente, pois os nazistas continuam plenamente responsáveis pelas conseqüências catastróficas de sua presença na Cidade Eterna - A campanha anti-semítica de Hitler acabou tendo como um dos efeitos o povoamento de Tel-Aviv com judeus que viviam em várias capitais européias - Autoridades britânicas prenderam o vice-cônsul argentino Helmut, no porto de Trindade. Sob a capa de representante do governo portenho, ele era, na realidade, perigoso espião - O governo nazista acaba de decretar que as mulheres podem ser sacerdotisas protestantes, substituindo os pastores mortos ou mobilizados.

6 de fevereiro - “Os Direitos do Homem” e o LEGIONÁRIO. Texto integral da carta que Jacques Maritain enviou a "O Diário", na qual tenta responder ao artigo que o Pe. Arlindo Vieira S.J. escreveu para o LEGIONÁRIO acerca do livro "Les Droits de l’Homme", de autoria daquele filósofo francês. Este agiu mui sabiamente tentando explicar-se perante o público brasileiro. Os entusiastas incondicionais de Maritain deveriam ter evitado de se deixar levar por certa paixão que os desviou de tratar do cerne da questão levantada. Em outros escritos do filósofo francês, encontra-se material admirável. Mas em "Les droits de l'homme" e na missiva aqui referida, ele fica abaixo do que de admirável produzira em outros tempos.

6 de fevereiro - Nova et Vetera - Interconfessionalismo nazista / Histórico do início do conflito entre a Igreja e o nacional-socialismo - Do artigo 24 do programa oficial do partido hitlerista: “Nós favorecemos a liberdade de todas as confissões religiosas no seio do Estado, na medida em que elas não estejam em conflito com o sentimento moral da raça germânica” - A "igreja nacional alemã" (eine deutsche National Kirche): a igreja sonhada pelo racismo - (ainda nos presentes dias deste sec. XXI, a história se repete com a "igreja patriótica" na China comunista) - Trecho da obra sobre o nacional-socialismo de um de seus fundadores, Rud Jung: “O fim de nosso esforço, nós o definiremos por uma palavra que resume tudo: uma Igreja do povo (Volkskirche), do povo alemão. Quando falamos de uma Igreja do povo alemão, não temos em vista senão o seguinte: a fusão das duas Igrejas que dominam o território alemão. Esta Igreja da Nação deverá romper todo laço com o centralismo romano" - “cristianismo positivo”: verdadeira fórmula-talismã de que o hitlerismo saberá fazer uso tão generoso.

6 de fevereiro - O Vaticano sempre representou na Itália o centro da resistência moral e ideológica ao totalitarismo dos "camisas pretas" e dos "camisas pardas". Agora, com Roma invadida pelos nazistas, é muito menos impossível que se atente contra a pessoa sagrada do Vigário de Cristo na terra. Mas Hitler é mesmo capaz de determinar o abandono da Cidade Eterna sem combate, para se enfeitar com o gesto diante de todo o mundo - Outra farsa da URSS para tentar aumentar a "comonwealth" bolchevista: que tremam a Estônia, a Lituânia, e toda a Europa Central! - Departamento de Estado USA demonstra com fatos a ajuda que o governo de Franco está prestando ao regime nazista.

13 de fevereiro - "O santo do diabo" / O último discurso de Hitler, por ocasião do 11º aniversário de sua ascensão ao poder - Ele está perdido e o sabe. Sabe-o o seu Estado Maior, sabem-no os aventureiros que constituem sua comitiva habitual. E, a despeito de tudo isto, Hitler luta. Por que não entrega o governo desde já? Por que não foge? A resposta saltará, provavelmente espontânea e ingênua, a muitos lábios: por seu orgulho, preferiria a tragédia de uma nova Santa Helena a um fim de vida à Sancho Pança. Resposta ingênua. A Rússia avança e já vai estendendo sua influência pela Europa central. O "führer", gentilmente, vai recuando. Não que não lute. Mas prefere a expansão russa à expansão anglo-americana. Derrotado, procura influir na configuração do mundo de amanhã. É este seu último crime. A irrupção de Hitler na História é de um verdadeiro anjo das trevas semeando a corrupção, a mentira, a confusão, malfazejo em toda linha, e procurando o maior detrimento da Cristandade.

13 de fevereiro - Nova et Vetera - De Rousseau a Hitler / “As crianças, dizia Danton, pertencem à República antes de pertencer a seus pais; o egoísmo dos pais pode ser perigoso para a República. Eis porque a liberdade que nós lhe concedemos não vai até à educação de seus filhos contra a nossa vontade” - O direito exclusivo ao qual o Estado se arroga sobre a juventude: suprimir toda liberdade de ensino, entregar à sua educação as crianças de todas as famílias, da escola dita maternal (jardim da infância) às Faculdades - “A educação nas regras prescritas pelo povo soberano é uma das máximas fundamentais do governo popular”, disse Rousseau - “As boas instituições nacionais são as que conseguem melhor desnaturar o homem" (idem) - O Estado (totalitário) compreende que os filhos não poderão pertencer-lhe completamente enquanto não abolir a família; enquanto esta subsistir, a voz da natureza protestará contra sua intrusão. Aí está porque ele tende à supressão do casamento - O “casamento civil” e o divórcio são etapas que devem conduzir ao amor livre e por conseguinte ao Estado, único pai nutrício, único educador das gerações vindouras. A abolição da família, a supressão da propriedade, o aniquilamento da Igreja e a sufocação de toda associação que não seja a pertencente ao Estado, “todos estes artigos, diz Taine, são consequências irresistíveis do contrato social".

13 de fevereiro - Comunicado da Rádio Vaticana a respeito da violação nazi-fascista do território papal - Bélgica: perseguição brutal dos nazistas à Igreja e sublimes manifestações do heroísmo católico, tanto de sacerdotes quanto de leigos - O Arcebispo do Rio de Janeiro empenha-se ardentemente para combater outra forma de paganismo, que não prostra ao chão os corpos dizimados pela metralha: estira-os deliciosamente na areia branca e fofa das praias, na exaltação indefinida de todos os desregramentos morais e psico-físicos.

13 de fevereiro - Alocução do Santo Padre à nobreza romana

20 de fevereiro - “A QUESTÃO ROMANA” I - Fundada por Deus, para o serviço de Deus, a Igreja só a Deus deve contas de sua missão. Ela é, pois, na esfera própria de suas atividades, soberana no sentido mais amplo, genuíno e nobre da palavra. Não há poder terreno que prevaleça contra Ela - Devemos “dar a César o que é de César e a Deus o que é de Deus”. Das muitas coisas que a César devemos dar nenhuma é mais gloriosa, mais útil, mais honrosa que o diadema real de filho de Deus; César só é plenamente soberano, inteiramente estável na sua soberania, quando filho de Deus - Cristo será durante todos os séculos o alvo do ódio profetizado por Simeão, e onde as setas dos partidários do mal não confluem, aí não está Jesus.

20 de fevereiro - Nova et Vetera - Igreja e poder temporal / O poder temporal dos Papas se robusteceu e estendeu quando ainda não se achava verdadeiramente constituído nenhum dos outros poderes. Assim, chamar-lhe usurpação é não só uma inexatidão, senão também um anacronismo - É preciso dizê-lo em alta voz, para que se ouça, é preciso repeti-lo uma e mil vezes, para que não se olvide: não se respeitam os limites que não existem, não se violam as leis quando se formam, não se introduzem perturbações na sociedade quando se faz desaparecer o caos que a envolve. Isto fez a Igreja, isto fizeram os Papas.

20 de fevereiro - Nota do Núncio Apostólico em Washington com inapreciáveis esclarecimentos sobre o bombardeio de Castel Gandolfo - Circular do Arcebispo do Rio de Janeiro sobre o ensino: elogios e apreensões quanto à formação religiosa dos estudantes, pois "sem religião, não há moral. A moral chamada leiga, a moral agnóstica e atéia não resiste a muitas provas". E recorda o dever indeclinável dos pais de oferecer à prole uma educação conforme aos eternos ensinamentos da Igreja, ao mesmo tempo que condena os internatos mistos - Atentados praticados contra a Basílica de São Paulo fora dos Muros merecem o mais caloroso protesto de todos os católicos - Destruição da Abadia de Monte Cassino: se Mussolini tivesse ouvido a voz de Pio XI, e não se tivesse aliado à Alemanha, nem as causas diretas nem indiretas de tão triste ocorrência teriam sobrevindo.

20 de fevereiro - Ainda “Os direitos do homem e a lei natural” (segundo Jacques Maritain) / As contradições flagrantes e insustentáveis de quem considera que “a mais velha das religiões, que é a liberdade, tomou a dianteira a todas as outras. Enquanto ela subsistir, as demais também vicejarão. É por esse ângulo naturalmente que Maritain encara a Igreja” - Nós, católicos, aceitamos dogmas. Quem considera a "liberdade" como um ídolo, os elabora... - Nossos princípios de cristãos colocam acima de tudo Aquele que disse: “Eu sou o Caminho, a Verdade, a Vida”. O caminho, a verdade, a vida, estão na Igreja e não no interconfessionalismo.

27 de fevereiro - A QUESTÃO ROMANA II - A sabedoria e oportunidade das disposições mais relevantes do Tratado de Latrão, e análise das condições criadas pela guerra moderna para a solução da "questão romana".

27 de fevereiro - Nova et Vetera - Direitos de Deus, direitos dos homens / O totalitarismo, muito antes do aparecimento de Hitler e de Stalin, já era previsto como uma consequência dos princípios revolucionários - Descrição, com cores muito vivas, do domínio do mundo pelos régulos totalitários que viriam, feita pelo grande polemista católico do séc. XIX Louis Veuillot. Este último, a seguir, tem uma palavra de esperança. O mundo sairá dessa fase de abjeção e de miséria, não quando o Papa fizer concessões ao espírito moderno, mas na volta às verdades pregadas pela Igreja: “Esperemos o castigo, não a morte. Todas as transgressões serão vingadas, todas as ingratidões punidas; o mundo, seus erros sobre os ombros, banhado de suor, de sangue, de lágrimas, passará por espessas trevas, implorando luz, autoridade e liberdade. E será nessa provação, cujos gemidos pedirão a Deus que abrevie o curso, que o Papa recuperará o mundo, ou antes que o mundo recuperará Deus. Então a inesgotável fecundidade da Igreja se manifestará: de suas velhas verdades surgirão novas forças e novas maravilhas e Ela prosseguirá em sua obra, que é de pôr Jesus Cristo na posse de toda a terra, e toda a terra na posse de Jesus Cristo”.

27 de fevereiro - Descrição do carnaval estritamente familiar que se fazia em torno de 1920. E como ele derivou para a promiscuidade, a indecência, o escândalo, a abjeção. Por que isto se deu? - "Daqui a 30 anos é provável que o desabafo consista em usar só uma tanga. Exagero, dir-se-á. Os exageros não estavam nos profetas (que há 30 anos prediziam aonde se podia chegar), mas nos acontecimentos que superaram as profecias."

5 de março - UMA "CAUSERIE" SOBRE O GRANDE TEMA: hipóteses e questões sobre a possibilidade de Roma ser poupada de ataques militares para ser liberada dos invasores nazistas.

5 de março - Nova et Vetera - A “cidade fraternal” / Uma das mais temíveis armas do totalitarismo moderno é o interconfessionalismo. Dois exemplos: o grande ímã usado pelo nazismo para atrair os católicos foi o “cristianismo positivo”; também os soviets estão lançando campanha interconfessional de grande envergadura - Oportuna recordação da Carta Apostólica em que São Pio X condenou o movimento do “Sillon”. Por esse documento vemos como aquele grande Pontífice já concluía ser esse interconfessionalismo funesto uma arma propícia à implantação do totalitarismo, restaurando no mundo “o reino legal da fraude e da violência e a opressão dos fracos, daqueles que sofrem e trabalham”. Em tal documento condena o "Sillon", que se transformara em "um miserável afluente do grande movimento de apostasia organizada para o estabelecimento de uma Igreja universal que não terá nem dogmas, nem hierarquia, nem regra para o espírito, nem freio para as paixões".

5 de março - Suíça reatará relações com os sovietes: no que dará haver em cada capital européia 16 legações das 16 repúblicas soviéticas "autônomas", cada uma um foco de propaganda bolchevista? - Continua a agitação árabe. Para os míopes, os homens de visão normal passam por visionários. O problema muçulmano vai constituir uma das mais graves questões religiosas de nossos dias, depois da guerra.

5 de março - Comentando... - Os equilibrados / O tipo clássico do “Homem equilibrado” é o que, entre duas ideologias irreconciliáveis, não quer abraçar nem recusar nenhuma, ou a ambas; ele cobre então a sua perplexidade desfibrada com o manto grave de uma atitude sensata, prudente, “equilibrada”, que não é mais do que um tempero indigesto de antíteses, uma espécie de angu frouxo e encaroçado. Outros há que não tem coragem de aceitar as últimas consequências das premissas que adotaram, mas também não querem abandonar as premissas.

12 de março - “MISSIONÁRIOS JESUÍTAS NO BRASIL NO TEMPO DE POMBAL”: obra do Pe. Antônio Paulo Ciriaco Fernandes S.J., publicada por ocasião do IV Centenário da Companhia de Jesus (1940). "O Pe. Fernandes do Recife" é mais que um nome, é um título. Será "impossível fazer-se o histórico do que ocorreu em matéria religiosa no Brasil no século XX, sem dar ao nome do Pe. Fernandes um realce verdadeiramente extraordinário" - traços da alma pernambucana e das brilhantes atividades daquele Sacerdote e a formação do grupo "Fronteiras" - O dever cumprido com integridade é o único título de verdadeira glória; é no bom combate, travado com lealdade, denodo, espírito sobrenatural, que se encontram os grandes e verdadeiros êxitos. Essa linha de conduta pode acarretar certamente dissabores amargos, cruéis, injustos. Mas essas perseguições são sempre estéreis, e dia virá em que os homens reconhecerão a santidade da sua causa. O sal não deve recear de salgar, com medo de ser posto de lado. Não é o sal ativo e saboroso, mas o sal insípido que é atirado fora e calcado aos pés... Essa a austera verdade que o livro do grande batalhador que é o Pe. Fernandes veio lembrar.

12 de março - Nova et Vetera - Cesarismo de ontem e de hoje / Não é privilégio do Estado totalitário moderno a exploração do egoísmo, fraqueza própria de uma sociedade decaída e materializada. Mesmo porque totalitarismo e socialismo não são novidades no mundo. O paganismo antigo os conheceu. E o processo de sedução e escravização das massas era semelhante - O cesarismo se volta para a parte inferior da alma humana e tende, por sua própria essência, a solapar a bela e grande ideia do trabalho cristão, a substituir o gosto do trabalho modesto, corajoso, perseverante e a estima do salário penosamente ganho, pela caça febril do dinheiro e dos prazeres, do amor de fortunas fáceis e de riquezas improvisadas - Descrição da "vida" no Império romano, com trechos do livro “Escravos Cristãos” (Les esclaves chrétiens) do historiador Paul Allard, obra que ao ser publicada foi elogiada pela Santa Sé, através de carta enviada ao autor, durante o pontificado de Pio IX.

12 de março - Artigo de Smmer Weles, ex-subsecretário de Estado da América do Norte: "atual governo argentino é controlado por organização dominada pelo Coronel Peron, fascista fanático, e inclinado a se tornar um ditador argentino" - Artigo do prof. Pierre Monbelg, do qual se deduz que "urge o reconhecimento de de Gaulle para que a França possa retomar prontamente, na política internacional e na reorganização cultural e social de post-guerra, sua situação primitiva, para o bem da Santa Igreja e da latinidade.

19 de março - "DANS LEUR BATEAU". A luta que a Igreja enfrenta nestes dias é a das infecções que tentam minar o seu organismo: os que procuram dessorar a autenticidade da Fé tradicional. Como bons pescadores preferem as águas turvas. Nelas, sem serem percebidos, podem infiltrar seus erros, difundi-los e abalar a Fé dos incautos sob aparência e protestos do mais lídimo cristianismo. Apelam para a liberdade e largueza de espírito, difundem doutrinas diluídas de tal maneira que, primeiro, seja difícil apontar-lhes os erros; depois, os fiéis embalados por elas se inclinem no sentido de formarem em si mesmos um espírito de falso cristianismo. Foi assim com o Arianismo, com o Jansenismo e com o Modernismo, que ainda hoje procura aluir a Rocha de Pedro. - O "caso Maritain" e transcrição de trecho de São Pio X condenando as doutrinas sustentadas por "Le Sillon".

19 de março - Nova et Vetera - Tática jansenista / “Querem ser mais católicos que o próprio Papa”. “São representantes do Santo Ofício”. “Por que não denunciar estes erros à Autoridade Superior em vez de trazê-los a debate nas páginas de um jornal?” Eis, entre várias outras frases típicas que representam as acusações comumente formuladas contra os jornalistas católicos empenhados na luta em defesa da Igreja e de sua sã doutrina. O argumento não é novo, pois já servia no século XIX aos sectários da heresia liberal, que por esse meio queriam colocar uma mordaça na boca de seus mais destemidos adversários - E há outra teoria tão cômoda para o demônio e seus sequazes que, apenas um bom católico os ataca ou desmascara, imediatamente os vemos acudir por ela e refugiar-se em suas trincheiras, perguntando com ares de magistral autoridade: “E quem sois vós para qualificar-me de liberal? Quem vos constituiu mestres em Israel para declarar quem é bom católico e quem não o é? É a vós que se há de pedir patente de Catolicismo?”

19 de março - MANUEL LUBAMBO. Descrição do perfil moral, intelectual, psicológico daquele saudoso batalhador, apesar de muitas concepções suas serem diversas das do LEGIONÁRIO - Os romanos não compreendiam a humildade dos cristãos. Os pagãos de nossos dias também já não sabem o que é essa palavra, o que ela tem de genuinamente nobre, e ignoram que ela é a condição única da verdadeira dignidade pessoal - Morto Lubambo, não morre a causa, não pode, não deve morrer a luta. O "grupo de Fronteiras" não se pode dispersar. E, para isto, é preciso que não deixem prescrever a obrigação de lutar juntos. Havia em “Fronteiras”, há em todo o legado ideológico de Lubambo uma sementeira que não pode ficar guardada junto às relíquias do herói que tombou.

19 de março - Comentando... O ocaso da Civilização / A civilização está ameaçada. E a pior ameaça para a civilização não parte dos tiranos que, em certo momento, pareceram abalar o mundo. O fenômeno é bem mais profundo. A humanidade cansou-se da civilização e sente um prazer animal e irado em destruir o que ela mesma edificou penosamente, à força de vitórias contra si mesma. O homem contemporâneo já não gosta de pensar por si mesmo e a massa olha com desconfiança e surda irritação para os que não seguem as ideias “standards” que a propaganda lhes incute...

19 de março - O desvelo de Pio XII continua a estender por todo o mundo sua ação benfazeja: graças à mediação do Vaticano, fora obtido um modus vivendi a respeito do tratamento dos prisioneiros ingleses internados na Malásia, Índias Ocidentais Holandesas e Filipinas, com iguais vantagens para os prisioneiros nipônicos na Inglaterra - Os católicos devem acautelar-se sumamente diante das manifestações de tolerância ou longanimidade dos comunistas. Trata-se de mera manobra destinada a desarmar as prevenções e entrar com passo de raposa através das portas que a violência de um tigre não conseguira arrombar. Exemplo: conduta com os reis da Itália e Iugoslávia.

19 de março - A "Igreja Católica é, por mandado e ordem de Deus, única vingadora e mestre da justiça e da verdade entre os homens" (Papa Pio XI) / Isto é muito importante, apesar de não ser muito conhecido: a Igreja é a guardiã da ordem natural, porque a ordem natural está contida na lei de Deus

26 de março - U.R.S.S., ESTUFA DE ÓDIO. Declarações de Formickencko, "General I" do Exército soviético: "o soldado russo tem sido educado sistematicamente para odiar o inimigo, e essa educação converteu-se na sua melhor e mais poderosa arma" - Hitler é Nietzsche em ação, como Robespierre é Voltaire em ação - O egoísmo é o contrário do amor. Não é preciso ser grande moralista para perceber com que espontaneidade o egoísmo gera o ódio e extingue a caridade cristã. Assim, ao passo que se tornava egoísta, o mundo contemporâneo se transformava em fácil sementeira para as idéias de ódio - A acusação que o comunismo fazia à Igreja era precisamente de que Ela não era coerente com os ideais de caridade que pregava, que em lugar de servir inteiramente à causa da pobreza e da compaixão, servia também a causa da desigualdade social. Nós que temos pela graça de Deus um coração católico, e que não nos esquecemos do preceito de amor aos nossos inimigos que nos foi ensinado por Jesus Cristo, não podemos deixar de pensar com indignação e horror nessas sombrias escolas de ódio - Uma das causas do maquiavelismo segundo Maritain - São Tomás de Aquino e as normas divinas relativas às obrigações de uma nação cristã em guerra - Os diplomatas e os guerreiros cristãos nunca precisaram de escolas de ódio para obter contra seus adversários os mais insignes triunfos. Bastava-lhes a serena consciência do dever a cumprir. A moleza não é o amor, o amor não é tolice. Como a coragem não é ódio. Não baralhemos os conceitos.

26 de março - Nova et vetera - O poder temporal dos Papas / Para certos autores modernos, a Igreja - para se adaptar aos novos tempos - teria que acertar o passo com as “conquistas” da Revolução Francesa. Que tais escritores sustentam essa opinião errônea pelo fato de que “nunca souberam ler” a história, veremos pelas linhas seguintes extraídas da magistral obra “Du Pape”, do ultramontano Joseph De Maistre - A planta é uma imagem natural dos poderes legítimos. Considerai uma árvore: a duração de seu crescimento é sempre proporcional à sua força e duração total. Todo o poder constituído imediatamente em toda a plenitude de suas forças e atributos é por isso mesmo falso, efêmero e ridículo. Isto equivaleria a imaginar um homem que nascesse já adulto.

26 de março - Causa pasmo a atitude que as potências neutras vêm mantendo face o perigo em que se encontra a Capital da Cristandade e especialmente o Vigário de Nosso Senhor Jesus Cristo - Conhecemos a nação espanhola, sua Fé, sua dedicação, o calor com que sempre acorreu em defesa da Igreja. Se a Espanha não se move, a culpa não é, não pode ser do povo espanhol. E a Suíça, onde há tantos católicos? E Portugal, a nação fidelíssima? E a Suécia? Por que não se movem? - E' preciso uma imensa cruzada de orações para que se peça e acabe por obter de Deus a graça da incolumidade do Soberano Pontífice.

26 de março - Comentando... - Caridade e serviço social / O homem contemporâneo prefere endurecer no orgulho de sua alma: ele não quer misericórdia, não quer compaixão, não quer caridade. Ele não quer confessar suas fraquezas e desfalecimentos. Ele só quer reivindicar, só quer conquistar avidamente a vida, como uma fera que se lança sobre a presa; ele despreza a gratidão. E ainda que tenha de sacrificar a sua consciência, o seu valor pessoal, inconfundível e único, para transformar-se em simples número, em simples instrumento anônimo nas mãos de um tirano, ele o prefere, para salvar intacto o seu orgulho. E ele acabará por rejeitar a salvação, porque vem da misericórdia de Deus e não da justiça nem da “solidariedade”: não é “serviço”.

2 de abril - Cândido Mendes / Este Senador do Império, "genuíno tipo de Veillot brasileiro", dá-nos um exemplo contra o preconceito de que o brasileiro é irremediavelmente mole, incapaz de obedecer com inflexível exatidão aos austeros preceitos do Evangelho, incapaz de produzir homens de fibra combativa, ânimo sobranceiro, coerência ideológica e têmpera de aço, como os que existem em outros povos - Nele sobravam todas as qualidades que dele fariam um grande homem e que se pôs a serviço da Santa Igreja. Nesta sua dedicação, agrada muito uma faceta: a argúcia. Como católico, Cândido Mendes não foi um proclamador de lugares comuns, um defensor de verdades incontroversas, um desses vulgares heróis de opereta que às vezes aparecem nas fileiras de todas as ideologias, sublimes em defender o que ninguém ataca, ou em atacar o que ninguém defende.

2 de abril - Nova et vetera - “Política de clericalismo” / “Toda a nação subtraída à influência da Santa Sé será conduzida invencivelmente à escravidão ou à rebelião”: eis como Joseph de Maistre previa o advento da ditadura totalitária como fruto amargo da apostasia dos Estados modernos - Antes de fazer leis para um povo, é mister fazer um povo para as leis.

2 de abril - Dr. Henri Towneend, "Moderador do Conselho da Igreja Livre" (protestante) na Inglaterra, profere violento discurso em que acusa a Santa Sé de pactuar com o nazismo e o fascismo... enquanto o Papa Pio XII continua - sem ceder - sob a pressão moral dos totalitarismos (Roma encontra-se ocupada pelos nazistas).

9 de abril - EM ITAICI. Pitoresca descrição da viagem até esta localidade, nas vizinhanças da qual os redatores do LEGIONÁRIO costumam participar dos Exercícios Espirituais de Santo Inácio de Loyola, bem como da própria Itaici e do Pe. Walter Mariaux S.J. (pregador do Retiro).

9 de abril - Nova et vetera - “Perniciosa consequência” / Na Encíclica “Urbi Arcano Dei” Pio XI condena a atitude daqueles que, embora professem seguir a doutrina católica, “em suas conversas, escritos e em toda sua maneira de proceder se portam como se os ensinamentos e preceitos promulgados tantas vezes pelos Sumos Pontífices, especialmente por Leão XIII, Pio X e Benedito XV tivessem perdido sua força primitiva ou houvessem caído em desuso. No que é preciso reconhecer uma espécie de modernismo moral, jurídico e social, que reprovamos com toda energia juntamente com o modernismo dogmático.” - Papa Leão XIII a respeito da verdadeira liberdade dos Estados.

9 de abril - Governo irlandês afirmou ter tomado medidas para obter a declaração de Roma como cidade aberta. Isto torna tanto mais enigmática a atitude de outras potências neutras tão obrigadas quanto a católica Irlanda, a intervir com caráter mediador entre as potências beligerantes, para salvar a sede da Cristandade - Bárbaros fuzilamentos que as autoridades nazistas têm efetuado em Roma. Quando o LEGIONÁRIO mostrava que o verdadeiro interesse da Itália católica estava em se distanciar inteiramente do nazismo, muitos italianos consideravam-nos inimigos de sua pátria. Agora, poderão compreender melhor que eram verdadeiros amigos da Itália os que anteviam as conseqüências funestas da política fascista - E' em meio a bandidos nazistas que se encontra o Sumo Pontífice! A oração perseverante é a única que agrada a Deus. O Criador se compraz, por vezes, em retardar suas graças para as dar maiores. Esperemos que o prolongamento desta tristíssima crise redunde em meio providencial para chamar à meditação e à oração a Cristandade, na qual tantos elementos se encontram distanciados do verdadeiro sentido das coisas.

9 de abril - Comentando... - “O perigo da má influência norte-americana” / Sob os auspícios da União Cultural Brasil-Estados Unidos, o professor Carleton Sprague Smith, da Universidade de Colúmbia, pronunciou conferência com o título do presente artigo. O catedrático dividiu sua crítica em quatro tópicos: cinema, arquitetura, literatura e música, abordando cada um destes pontos separadamente. Pena é que o conferencista não tenha abordado um tema capital para o Brasil: o proselitismo protestante.

16 de abril - A GUERRA E O CORPO MÍSTICO. O LEGIONÁRIO publica no presente número extenso noticiário sobre a ação benfazeja do Sumo Pontífice: fá-lo muito menos a título de informação que de meditação; para que nossos corações de filhos sintam de modo mais afetuoso e intenso o magnífico quadro que a Cristandade oferece aos olhos tristes e cansados do homem do século XX - Esse fluxo e refluxo de amor do Pai aos filhos, dos filhos ao Pai, é um comentário vivo e magnífico da recente Encíclica "Mystici Corporis Christi", na qual o Vigário de Cristo lembrou que a Santa Igreja constitui um corpo animado por uma vida sobrenatural que a todos une, fiéis e Pastores, na mesma comunhão da graça, que é dom do Espírito Santo - Santa Joana d'Arc: "Quanto a Jesus Cristo e à Igreja, para mim são uma só coisa". Magnífica proclamação do Corpo Místico de Cristo, partida da sábia ignorância da pequena pastora de Domremy. E nós podemos dizer: "Entre o Papa e Jesus Cristo não há diferença". Tudo que diga respeito ao Papa diz respeito direta, íntima, indissoluvelmente, a Jesus Cristo.

16 de abril - Nova et Vetera - Protestantes e cismáticos / Pilatos e Herodes esqueceram suas divergências na véspera da Paixão de Nosso Senhor. Na crucificação da Santa Igreja, todos os seus adversários estão de acordo. Que o digam os católicos da Polônia e da Lituânia, martirizados ora por nazistas, ora por comunistas.

16 de abril - Comissão de professores espanhóis especializados em Direito Internacional publicou declaração favorável a que o Santo Padre designe uma comissão encarregada de averiguar se realmente existem em Roma objetivos militares - Nos EUA, esboça-se movimento intitulado "Paz agora". Mais do que ninguém, os católicos devem desejar a paz. Não, porém, uma paz qualquer, que deixaria intactos os germens de que nasceu a presente guerra - "Arcebispo" anglicano de York declarou que a igreja cismática russa está de acordo com os protestantes para negar que o Papa possua verdadeiramente o título de Vigário de Jesus Cristo.

23 de abril - TERÁ SIDO DESMILITARIZADA A CAPITAL DA CRISTANDADE? Comentário sobre as notas do Primeiro Ministro irlandês, de Roosevelt e do Reich acerca da questão do bombardeio de Roma - O silêncio das outras potências neutras – A nota blandiciosa do governo nazista – O desmentido do governo norte-americano – Nazismo: um passado de tratados violados – Não depositemos fé nas afirmações da Wilhelmstrasse (que abstraiu inteiramente do caráter sagrado de Roma, insistentemente mencionado na mensagem do governo irlandês, restringindo-se ao aspecto humanitário e cultural).

23 de abril - Nova et Vetera - Um jornalista católico / "Quanto às coisas deste mundo, nem o Papa nem a Igreja nada podem por nós a não ser encorajar nosso trabalho, se ele é bom, e em seguida benzer nosso caixão. Nada mais pedimos. Para obter a benção filial, é necessário ser e somos, pela graça de Deus, homens OBEDIENTES. Eis aí nosso lugar na Igreja. Obedientes à lei, não obedientes ao homem. Friso este ponto".

23 de abril - Enquanto não haja notícias fidedignas de que o Santo Padre está inteiramente fora de qualquer risco, nosso zelo não encontrará repouso, nossas preces não terão solução de continuidade. Se os pessimismos de qualquer natureza diminuem a confiança, os otimismos infundados fazem esmorecer a oração. A verdadeira piedade se nutre da verdade - O processo de "mithridatização" da opinião pública - Um perigo prolongado transforma o receio em hábito. Um perigo incerto e prolongado transforma o receio em displicência. Hábito e displicência acabam por embotar os sentimentos mais delicados - O almirante Horty (figura sinistra que sempre impediu a restauração da monarquia austro-húngara e foi por isto um dos grandes responsáveis pela expansão nazista na Europa Central) declarou que aceitaria a invasão germânica. Depois, como Pétain, retraiu-se continuando embora comodamente em seu posto.

30 de abril - Mons. Manoel Koenner, S.V.D. Administrador Apostólico de Foz do Iguaçu, objeto de uma aleivosa campanha difamatória que lhe foi movida por certa imprensa: nossa mais alta Corte de Justiça reconheceu a total improcedência da acusação de que Mons. Koenner guardava em seu poder armamentos com intuitos subversivos. Defendendo os membros da Hierarquia, cumprimos nosso dever de católicos, e defendendo a reputação do Clero estrangeiro, cumprimos um dever de patriotas, porque muito lhe deve nosso País - Difundir a falsa idéia de que os únicos verdadeiros antifascistas são os comunistas é fazer o jogo do fascismo.

30 de abril - Nova et Vetera - Liberalismo “católico” / Hoje como ontem, aparecem católicos desejosos de conciliar Nosso Senhor Jesus Cristo com o mundo, ressuscitando todos os erros rançosos do liberalismo “católico”, já tantas e tantas vezes condenados pelos Sumos Pontífices.

7 de maio - Dificuldade da situação de Pio XII: a despeito de todos os seus esforços, a Santa Sé até agora não conseguiu obter comunicações diretas com o Episcopado da Itália Meridional ou da Itália Insular. Isto não pode deixar de criar dificuldades para o exercício do poder espiritual da própria Santa Sé - O comunismo é condenado pela Igreja como regime fundamentalmente contrário às Leis do Decálogo e portanto do Direito Natural. Todo católico tem de ser um adversário resoluto do regime comunista - É possível que por motivo estratégico, e sobretudo para efeito de propaganda, o comunismo tente simular uma política de aproximação com a Igreja. É possível que a Igreja aproveite a fresta que assim se lhe abre para espargir a boa semente na pobre Rússia - Hoje, o interesse supremo da humanidade consiste na destruição da hidra nazista. Logo depois, será necessário que a humanidade se volte contra o marxismo para o extirpar de vez.

7 de maio - Nova et Vetera - "A Igreja livre no Estado livre" / Segundo período do liberalismo “católico” e nova condenação pontifícia - A promulgação da Encíclica “Quanta Cura” e do “Sylabus” fez entrar o liberalismo “católico” em uma terceira fase (descrição)

14 de maio - FÁTIMA (Não endureçamos nossos corações à voz de)

14 de maio - Rádio Vaticano em alemão: "Os que acusam o Papa de ter fracassado em impedir a guerra ou mesmo de ser responsável por essa calamidade são inimigos de Deus e sua Igreja". Os inimigos da Igreja nem sempre são inteligentes. Mas o que espanta é que a Santa Sé tenha julgado útil fazer uma refutação de tal calúnia. Nada pode exprimir melhor a desorientação contemporânea do que a existência de homens capazes de dar crédito a balelas destas - Sobre o "Liturgismo de má lei", Pio XII elaborou mais um documento: carta ao Bispo de Mogúncia (de 7-2-44) - O Papa reforça a guarda de seus apartamentos durante a noite: de quem poderia vir um atentado, em uma cidade onde dominam os nazistas?

14 de maio - Nova et Vetera - Liberalismo “católico” (II) / Continuação da transcrição do artigo “liberalismo” do “Dictionnaire Apologétique de la Foi Catholique”

21 de maio - Não foi sem viva angústia que tomamos conhecimento de que foi iniciada a evacuação em massa de Roma - Mudança de denominação do antigo "Comitê de Libertação", chefiado por De Gaulle, que passou para "Governo Provisório da República Francesa". Há de novo uma França livre que combate como nação independente contra a opressão parda. Este renascimento significa para a Cristandade uma verdadeira aurora. A cultura, o espírito, a formação francesa são para o Ocidente cristão o que a Grécia foi para a gentilidade antiga - Os laços culturais que prendem o Brasil à França são fortíssimos - Comemoração em São Paulo na festa de Santa Joana d'Arc - Entre o Catolicismo e o comunismo só há uma paz possível: a morte de um dos dois. E como a Santa Igreja é imortal, o comunismo caminha para a grande fossa comum em que jazem sem glória todos os inimigos da Igreja.

21 de maio - Nova et Vetera - O Estado vitalmente cristão / A crítica e a discussão das doutrinas esposadas pelos chamados “católicos” liberais no que diz respeito às relações entre o poder espiritual e o poder temporal. Exemplo: o poder civil, sendo uma instituição de ordem puramente natural, está totalmente separado da ordem sobrenatural e é completamente independente dela? - Santo Agostinho escrevia a um dignitário do Império Romano: “Sabendo que sois um homem sinceramente desejoso da prosperidade do Estado, eu vos peço que observeis como, pelo ensino das Sagradas Escrituras, é certo que as sociedades públicas participam do dever dos simples particulares e não podem encontrar a felicidade senão na mesma fonte. Diz o rei profeta: ‘Bem-aventurado o povo de que Deus é o Senhor’."

21 de maio - Comentando... - A safra de Satanás / Propaganda do suicídio que vem sendo feita de modo sistemático, fazendo cair cada dia a sua gota envenenada sobre o ânimo perturbado da humanidade contemporânea. Estas sugestões continuadamente repetidas ficarão germinando inconscientemente, no fundo de muita afetividade descontrolada, para produzir subitamente um dia, em virtude de algum incidente talvez mínimo, a sua eclosão funesta. Isto assume um aspecto tenebroso, quando se consideram o desregramento dos costumes, o endurecimento do coração e o afastamento de Deus, que caracterizam nefastamente a nossa época. Há, também, um sentido não menos satânico dessa campanha: consiste em induzir os homens ao desprezo de si mesmos, através do desprezo de sua vida, a fim de aceitarem o jugo da escravidão.

28 de maio - 17 ANOS. Aniversário do LEGIONÁRIO, que nasceu do zelo e da dedicação dos pioneiros que desde a primeira hora levantaram entre nós o estandarte da reação católica. Graças a Deus, o LEGIONÁRIO de hoje é bem o de ontem, e o pendão que ele ostenta não perdeu nenhum de seus florões. Estamos extenuados, sangramos por todos os membros. Foi nesse combate que nos cansamos, que nos ferimos. Em compensação, não ousamos pedir como prêmio senão o perdão de tudo quanto inevitavelmente tenha havido de falível e de humano nesta obra que deveria ser toda para Deus, só para Deus.

28 de maio - Nova et Vetera - A apostasia dos Estados modernos / Histórico das reiteradas condenações dos erros liberais esposados pelos Estados totalitários.

28 de maio - Diversas e importantes iniciativas da Santa Sé em um período particularmente difícil para o Vaticano, durante a II Guerra: a Igreja é como o sol. Está sempre imensamente acima das tempestades e das nuvens que se acumulam nos horizontes - Muito curiosa estranheza do comunista Sérgio Orloff nas praias do Rio de Janeiro: "se alguém na Rússia se animasse a sair à rua nos trajes daquele rapaz, seria punido com quinze dias de prisão" - Eleito novo “Patriarca” da igreja cismática russa, o qual prestou um duplo juramento: defenderá a Fé e o comunismo...

4 de junho - O DISCURSO DE CHURCHILL. Hitler, cada vez menos senhor da vitória, continua senhor de a dar a quem quiser. Suas manobras de guerra estão favorecendo os bolchevistas, enquanto Stalin parece não ter muita pressa em derrotar a Alemanha nazista e atira suas divisões sobre os Balcãs. Mais uma vez, a tese do LEGIONÁRIO se confirma: o comunismo e o nazismo são irmãos siameses - Certa política procura alcançar até entre os católicos simpatia para o regime de Moscou. Mas se trata de católicos invertebrados, que precisam sempre apoiar-se nos poderosos do dia. Pensam que a Igreja é uma trepadeira à procura de uma árvore a qual se agarrar para subir. Não compreendem que a Igreja é, pelo contrário, a coluna do Céu e a rainha do mundo. Ontem eles namoriscavam com o totalitarismo pardo e por meio de toda uma técnica de subtilezas e de bizantinismos arranjavam pretexto para pactuar com ele. Hoje procuram arranjar meios de pactuar com o totalitarismo comunista.

4 de junho - Nova et Vetera - Precursores do totalitarismo (os imperadores Henrique IV e Frederico Barba ruiva) / Os Papas sabem que eles se acham no mundo para fazer o impossível quando o interesse das almas o exige.

4 de junho - No Brasil, o principal empenho da propaganda protestante consiste em não parecer protestante... Nem mesmo em apresentar suas doutrinas sob aspecto favorável, mas em escondê-las. Exemplos concretos.

4 de junho - Nova et Vetera - "Livrai-me de todo pecado. Amén" / Refutação a objeção de fundo protestante contra a mediação de Nossa Senhora.

11 de junho - Dois acontecimentos imensamente gratos a registrar nesta semana: a libertação da Cidade Eterna representou para todos os corações verdadeiramente católicos um motivo de gáudio extraordinário. Roma é Roma. Nem por isto, sobretudo, devemos subestimar o benefício imenso que representa, para a cultura e para a Igreja, a libertação da França. Para os católicos, tudo quanto diz respeito a Roma é impar. Esta ressalva feita, poucas coisas tão boas poderiam nos acontecer quanto a libertação da Pátria de São Luís e de Joana D’Arc.

11 de junho - Nova et Vetera - Heresia e comunismo / Contra o erro total, somente pode lutar a Verdade total. Protestantes, cismáticos e “católicos” livres se unem contra a Igreja Católica, uma adversária real do nazi-comunismo - Sólido e esclarecedor trecho da obra “Du Protestantisme et de toutes les Herésies dans leur rapport avec le Socialisme” de autoria do publicista e filósofo católico Auguste Nicolas - As doutrinas panteístas, que a Igreja havia sucessivamente fulminado sob o nome de Ebionismo, de Gnosticismo, de Maniqueísmo, de Montanismo, de Arianismo, de Nestorianismo, de Entiqueismo, propugnavam a destruição da religião, da família e da propriedade, o mais pavoroso Comunismo.

18 de junho - NÃO EXAGEREMOS! Hitler está entregando a vitória nas mãos da Rússia. Esse malfeitor público, que procurara arrastar atrás de si toda a Europa na miragem de uma cruzada anticomunista, está dando a Stalin o cetro da dominação universal. É preciso que isso se afirme, se repita, se proclame - Fazemos uma distinção fundamental entre a Rússia e comunismo, como entre a Itália e Mussoluni, a França e Pétain, a Alemanha e o nazismo - A Rússia recuou muito diante do primeiro ímpeto nazista. Recuou tanto que, se ela não tivesse o território imenso que possui, teria sido literalmente varada de lado a lado. E também não foi o comunismo que armou o outro grande fator de vitória: o general inverno. Não exageremos as coisas: o êxito russo está muito longe de servir de argumento para o regime comunista, diametralmente oposto à doutrina político-social da Igreja.

18 de junho - Nova et Vetera - De Lutero a Stalin / Do protestantismo saiu o Estado totalitário socialista em sua forma moderna. O LEGIONARIO sempre insistiu nesta tese, paralelamente a outra não menos importante segundo a qual nunca acreditamos na oposição entre nazismo e comunismo, por serem ambos irmãos gêmeos, filhos da mesma desordem do livre-exame. Declarações do "Karl Marx francês", Louis Blanc, em que a Igreja católica aparece como sinônima de "opressão e tirania" e demonstra ele como do protestantismo desencadeou-se o movimento das “liberdades” reivindicadas pela Revolução Francesa.

18 de junho - Estamos no mais formal desacordo com a idéia de se levantar um monumento ao zebu, tão largamente noticiada pela maior parte dos órgãos jornalísticos do Brasil. Que se levantasse um monumento ao boiadeiro, ao criador, está bem. Seria a glorificação simbólica de um esforço honesto e fecundo. O zebu é um mero instrumento de riqueza, de produção. Teremos, amanhã, um monumento à picareta, outro à pá, ao bisturi do médico, ao ferrão do dentista? Até onde nos pode levar a "lógica" de se fazer monumentos ao que produz riqueza?...

25 de junho - “Super hanc petram aedificabo Ecclesiam Meam” / São Paulo é o tipo perfeito do “miles Christi” (soldado de Cristo) e portanto, implicitamente, automaticamente, do “miles Petri” (soldado de Pedro), é o que queremos ser. Dá-nos isto, Senhor, “et caetera tolle” (e o resto tirai-nos).

25 de junho - Católicos, cismáticos, comunistas - I. Histórico do cisma de Fócio e Miguel Cerulário: a vaidade teológica e patrioteira dos Bispos do Oriente, açulada pelos pruridos regalistas dos imperadores de Bizâncio, os mantinha em estado de perpétua desconfiança para com o Vigário de Cristo. Aos poucos, as relações entre os Bispos do Oriente, chefiados pelo Patriarca de Constantinopla, e a Santa Sé, se tornaram tensas. A tensão cresceu cada vez mais. E, por fim, culminou, com Fócio e Miguel Cerulário, em uma verdadeira separação. Os Bispos do Oriente, em sua grande maioria, se revoltaram contra o Papa, e arrastaram atrás de si os respectivos rebanhos - "hereges" e "cismáticos": diferenças de conceitos e de situações perante a Santa Igreja.

25 de junho - Nova et Vetera - Ainda o pseudo-estado cristão / Texto integral da Carta Apostólica de São Pio X ao Episcopado da Bolívia (24-11-1906), quando o governo desse país deixou de reconhecer oficialmente o Catolicismo como religião do povo boliviano, bem como extinguiu a imunidade eclesiástica judiciária.

25 de junho - Artigo de S. Excia. Revma. Dom Manuel Nunes Coelho: "Em São Paulo se destaca o LEGIONÁRIO, sob a sábia, firme e patriótica direção de Plinio Corrêa de Oliveira, como sentinela avançada contra as tenebrosas maquinações dos inimigos de Deus, da Igreja e da Pátria." - Desenvolvem-se com sucesso altamente honroso para as potências aliadas as operações militares em território francês. As forças que Hitler imobilizara no Ocidente para deter a investida dos anglo-saxãos, eram imensas e potentíssimas. Os nazistas preferiram ir cedendo terreno diante do rolo compressor bolchevista, para que os louros da vitória não coubessem às nações do Ocidente. Toda a influência que a URSS possa ter depois da guerra tem um responsável capital: Adolph Hitler. Silêncio de inúmeros órgãos de imprensa que parecem não ver essa manobra do nazismo. Entretanto, o fato é tão simples de se constatar! - Enquanto esperávamos uma investida em regra dos bolchevistas contra os nazistas, o que vemos? As hostes do "camarada" Stalin perdem tempo em estrangular a formiga finlandesa. Expliquem isto, se puderem, os que se empenham em ver no bolchevismo o inimigo "nº 1" do nazismo, e vice-versa.

2 de julho - Comentando... - Frei Nuno de Santa Maria / Não foi apenas para impedir que Portugal fosse governado por Castela que a Providência lhe enviou o santo Condestável. Havia questões muito mais profundas envolvidas no conflito entre Castela e as pretensões da incipiente Casa de Avis - Um santo guerreiro não é uma contradição, como o desfibramento do liberalismo religioso o quer considerar, mas é uma sublime coerência.

2 de julho - Católicos, cismáticos, comunistas - II. Consequências do "cisma do Oriente" na Rússia - como o comunismo instrumentalizou tantos membros da "igreja cismática" - o grande "bluff" da conversão de Stalin... enquanto a Igreja Católica condenava aos totalitarismos nazistas e comunistas, reafirmando assim também sua independência diante dos dois ídolos do século XX.

2 de julho - Nova et Vetera - Carbonários de ontem e hoje / Alguns comentários da autorizada revista “Civiltà Cattolica” (de 1875), de cujo volume extraímos valiosa documentação (escrita em 1818) sobre a meta e o método dos inimigos da Santa Igreja, ainda hoje de palpitante atualidade, a respeito de como infiltrá-la por dentro para executar o "aniquilamento do Papado e do Catolicismo".

9 de julho - Católicos, cismáticos, comunistas - III. Leão XIII sobre a Rússia: "um bloco de ouro destacado da verdadeira Igreja". - A aproximação de Stalin com os cismáticos: a) evita a esperada fusão de cismáticos e católicos, porque dá nova força à "igreja cismática"; b) ela será um meio de diluição do sentimento religioso russo, uma aplicação dos métodos da "quinta coluna" nazista, para acabar pela perfídia com uma religiosidade que a violência não exterminou; c) servirá de meio de propaganda para os partidos comunistas do mundo inteiro, precisamente como os totalitários exploraram a concordata com a Alemanha e sobretudo o aliás benemérito Tratado de Latrão.

9 de julho - Nova et Vetera - A tática da infiltração (na Santa Igreja, corrompendo o catolicismo por dentro) / Conclusão do documento escrito em 1818, transcrito no artigo anterior.

9 de julho - Pio XII recebeu em audiência particular De Gaulle, com quem teria tratado "dos princípios políticos que regem as intenções do Governo Provisório Francês" - Os nazistas, nas maiores agruras da luta contra a Rússia, não se utilizaram de terrível arma, que conservavam secreta, reservando ciosamente para Londres as 2754 bombas que despejaram até agora sobre a capital britânica. Isto prova que os verdadeiros inimigos do nazismo não são os comunistas. A arma só foi inventada agora? Neste caso, por que não está sendo utilizada para destroçar os grandes centros industriais e entroncamentos ferroviários na Rússia? - Vaticano: a respeito da "internacionalização do Sacro Colégio".

16 de julho - Nova et Vetera - O erro técnico dos Césares (fizeram mártires e não apóstatas)

16 de julho - Carta do Arcebispo do Rio de Janeiro a D. Carlos Duarte da Costa, Bispo de Maura. Às vezes, as pessoas prudentes esperam que as irregularidades cheguem ao excesso para puní-las de modo que ninguém conteste a legitimidade do castigo. Foi o que fez Dom Jaime de Barros Câmara, com tanta paciência quanto sagacidade. Atitude semelhante adotara Pio XI ao condenar o nazismo, na esperança de que antes dessa atitude os católicos se dessem conta e comentassem os erros da doutrina de Hitler. É errada, portanto, a tese de que os fiéis só podem condenar um erro depois que o tenha condenado a Autoridade Eclesiástica. Ou que a Autoridade Eclesiástica só deseja que os fiéis combatam um erro quando ela mesma sai a público para o combater. Esta é uma genuína tese de simplórios. - O fiel não deve ser um fiscal do Bispo, não deve viver em atitude de vigilância, porque é mero aluno, filho, súdito. Mas quando o erro do Bispo salta aos olhos, ele pode defender-se contra o erro do Bispo. E deve fazê-lo para permanecer fiel ao Papa.

23 de julho - Hitler foi o maior criminoso de nossos tempos, mas não agiu só. Ele teve muitos cúmplices, por ação e por omissão, dentro e fora da Alemanha: ambiciosos voltados exclusivamente para a posse dos bens terrenos; os indiferentes que se preocupavam apenas com sua "vidinha gostosa" e que julgavam que qualquer reação seria uma imprudência que poderia colocar em risco seu supremo ídolo; os bons que trabalhavam pela Fé e desejavam sinceramente o advento de uma civilização cristã, mas com muito pouco entusiasmo, com muito pouca dedicação. E só a dedicação inspira as perspicácias invencíveis, as energias sobrehumanas, os heroísmos levados até o fim. Os prosélitos do mal eram arrojados, ardentes, empreendedores. Nas fileiras dos bons, quanta ingenuidade, quanta imprevidência, quanto desejo de ver as coisas cor-de-rosa para agir pouco, recuar muito e não lutar nada! Certamente, olhava-se para o Céu, mas com tanta simpatia para os bens da terra! E este fenômeno não foi só alemão.

23 de julho - Nova et Vetera - Inimigos internos / Trechos da Encíclica de São Pio X "Pascendi" fulminando os erros modernistas, por onde se vê que a tática por eles empregada confere ponto por ponto com as “Instruções" dos inimigos da Santa Igreja escritas em 1818.

30 de julho - O LIVRO DO MOMENTO. A devoção ao Coração Imaculado de Maria é um verdadeiro dom da Providência a este pobre e dilacerado século - Prescindir de Nossa Senhora para chegar a Jesus Cristo, sob o especioso pretexto de que Nossa Senhora constitui um anteparo entre nós e Seu Divino Filho, é tão estulto quanto pretender analisar os astros sem telescópio, por imaginar que o cristal das lentes constitui um anteparo entre os astros e nós - A questão, para dilatarmos as fronteiras da Santa Igreja, por todo o universo, não consiste em afrouxarmos a invencível doutrina de Jesus Cristo. Saibamos procurar a graça nas fontes onde realmente ela jorra, e com o auxílio dela tornemo-nos fortes para todas as austeridades que o Espírito Santo de nós exige. Entre essas fontes da graça está sem dúvida, em lugar relevantíssimo, a devoção ao Coração Imaculado de Maria, Porta do Céu aberta de par em par aos homens de nosso tempo, tão extremamente fracos.

30 de julho - Nova et Vetera - Falso espírito de conciliação / Numa época em que a política da mão estendida tenta lançar uma ponte entre católicos e hereges, é muito oportuno lembrar o que sobre a união dos católicos disse o santo por excelência da Caridade e do amor ao próximo, São Vicente de Paulo.

30 de julho - Na Itália e na França os recuos nazistas são sensíveis mas concedidos passo a passo pelo adversário; como na zona oriental os recuos são verdadeiras debandadas, a conclusão para os "generais de mesa de café" é de que as tropas russas se estão cobrindo de glórias muito maiores - Os "junkers" têm grande culpa em tudo quanto se passou. Mas muito pouco teriam eles conseguido se não fosse uma "clique" de banqueiros, financistas, industriais, de alto bordo, que precisam ser apontados como os principais responsáveis pelo nazismo.

30 de julho - Comentando... - Arte amoral / Conceitos errados que afirmam que há um só critério para aquilatar as obras de arte: o estético. Desde que uma ficção artística é agradável, nada mais se deve exigir dela. E querer fazê-lo é deturpá-la na sua própria substância artística, desnaturando-a. Pois assim como o campo da moral é o bem, o campo da arte é o belo, de modo que onde começa a arte, termina a moral. O que há no fundo deste modo de pensar, que dá novo vigor ao velho ideal da arte pela arte, é toda uma filosofia de inspiração neoplatônica. Isto desconhece a analogia do ser, a transcendência divina e a sobrenaturalidade essencial da graça.

30 de julho - Santo Inácio de Loiola, “mestre especializado na formação dos Santos”

6 de agosto - DOM VITAL. A propósito do primeiro centenário de seu nascimento - Ele não é apenas um grande Bispo de Recife, um ilustre filho do Estado de Pernambuco: Dom Vital é um nome nacional, uma glória do Brasil inteiro. Seu nome é um símbolo, um estandarte, um programa - Nosso Senhor concede a cada um a graça de ilustrar a Igreja pelo brilho de uma faceta espiritual particular. Um dos aspectos mais providenciais da missão de Dom Vital: seu grande exemplo mostra que a alma vale mais que o corpo, e que é forçoso fazer, para a defender dos adversários, mais do que se faz pelo corpo. Seu grande exemplo mostra que se todo o coração verdadeiramente cristão deve preferir sempre a concórdia à luta, a brandura à pugnacidade, a conciliação ao conflito, há casos em que a luta é um dever, o conflito uma necessidade, a pugnacidade uma virtude sem a qual se cai em pecado mortal - A Providência suscitou-o como um Pastor segundo o Coração de Jesus, fiel e límpido reflexo do Bom Pastor, que sabe discernir e expulsar o lobo voraz, que sabe dar a vida por suas ovelhas.

6 de agosto - Nova et Vetera - Um Catolicismo aceitável / O LEGIONÁRIO por mais de uma vez já se referiu à mentalidade de certos católicos, que embora vivam a apregoar sua irrestrita adesão à Igreja, na prática fazem dEla uma verdadeira trepadeira, que não poderia viver sem se arrimar nas correntes políticas e sociais dominantes. Esses mesmos homens “prudentes” e “esclarecidos” que achavam que a atitude dos católicos para com os partidos emanados do fascismo e/ou do nazismo não devia ser nem de hostilidade ou de confusão, mas de cooperação, esses mesmos homens que acreditaram no “conto” da reação direitista são capazes de querer atrelar a Santa Igreja a qualquer totalitarismo, independente da cor que este último tenha, ao "políticamente (ou religiosamente) correto" do momento.

6 de agosto - O cinismo é um predicado bem totalitário. Ostentam-no à porfia nazistas e comunistas. Hitler, por um paradoxo cheio de segundos sentidos, está preferindo defender solo francês ao alemão. Os comunistas por sua vez se mostram mais empenhados em ocupar a Polônia, a golpear em seu âmago a cidadela nazista. No meio de um cambalacho nazi-soviético tão mal disfarçado, ainda há um general vermelho que tem a audácia de extrair de tudo isto motivos de censura aos bravos soldados anglo-americanos!

13 de agosto - DOM VITAL -II. A seu respeito há muita superficialidade ou mesmo muita ignorância que dissipar. Não se sabe que a luta de Dom Vital estende até nossos dias seus efeitos benéficos, não se reflete que ele não nos legou apenas louros, mas exemplos, que não nos basta guardar uns mas devemos imitar outros; que o apostolado de Dom Vital está longe de se ter encerrado nos dias de sua vida, porque seu espírito, seu método, suas virtudes foram para o Brasil um verdadeiro legado espiritual, a indicação dos caminhos em que devemos nos firmar, se quisermos chegar à realização dos desígnios que a Providência tem para nós - A "questão religiosa": os fatos e o terrível problema que Dom Vital encontrou diante de si.

13 de agosto - Nova et Vetera - Democracia e totalitarismo / Continuando nosso esforço em favor do esclarecimento das ideias, num mundo em que elas se acham em constante delírio, transcrevemos o que a respeito das formas de governo se acha no livro “Du Pouvoir” do Padre Raboisson.

13 de agosto - O DIP cancelou a autorização de funcionamento das revistas "Mundo Médico" e "Directrizes", órgãos nitidamente bolchevizantes - Telegrama procedente de Jerusalém sobre "Plano de fusão dos Estados árabes". Quando o LEGIONÁRIO, há mais de um ano, levantou a questão, pensou-se que estávamos querendo ver longe demais, e que o perigo de uma reestruturação do mundo árabe sobre bases muçulmanas e com os recursos da técnica moderna, era tão inverossímil quanto qualquer conto das mil e uma noites. Hoje, por fim, as coisas se positivaram tanto, que não é mais possível fechar os olhos - Multiplicam-se as demissões no corpo diplomático junto ao Vaticano. Entre os diplomatas húngaros, rumenos, alemães, há descontentes que querem aderir aos Aliados, com os quais estão muito contentes, desde que a vitória se inclinou para nosso lado. Por fim, até o próprio Horty está tentando uma reviravolta, e demitiu os ministros nazistas de seu governo.

13 de agosto - Comentando... Fátima / O mistério da iniquidade está em plena levedura, ramificando-se e multiplicando-se a perder de vista, mergulhando suas raízes de amargura até onde menos se poderia supor. Até quando prosseguirá esta gestação monstruosa de males? Nossa Senhora tem o segredo e a chave dos tempos futuros. Aconteça o que acontecer, Ela terá a última palavra, a palavra da justiça e a palavra da misericórdia de Deus.

20 de agosto - DOM VITAL - III. A regeneração das irmandades - medida que o Bispo de Olinda tinha que levar a cabo por fidelidade ao Papado - e as complicações que tal medida implicava. Por exemplo, enfrentar duas forças de primeira grandeza: as tradições acomodatícias do país e o Governo Imperial; bem como contra a mentalidade religiosa do tempo que se inclinava sempre mais para a idéia falsa de que a caridade cristã se opõe à qualquer luta, ainda que com o próprio diabo.

20 de agosto - Nova et Vetera - Manobras contra Fé / Documento da Santa Sé advertindo as manobras feitas no sentido de se articular um movimento interconfessional de grande envergadura, no qual trabalhariam ombro a ombro católicos, cismáticos, protestantes e ateus, todos empenhados na causa comum de reerguimento da civilização. Em outros termos, Ela não vacilou em “desmascarar as manhas e ciladas do inimigo” que, oferecendo pão material, procurava roubar às almas o inestimável tesouro da verdadeira Fé, nelas implantando a indiferença religiosa.

20 de agosto - Desmentido do Vaticano a respeito das notícias de que o governo soviético propôs uma "ação coordenada entre Moscou e o Vaticano após a guerra, para a solução dos problemas morais e sociais do mundo". Seria interessante saber como um Estado baseado em um regime "intrinsecamente perverso" poderia levar a bom termo um tal programa - A "Cruzada Nacional de Educação": como é triste o destino de certas palavras. Depois de servir para designar a epopéia da expulsão dos infiéis dos Santos Lugares, a palavra “Cruzada” serve hoje para acobertar um movimento preparado para afastar a mocidade da verdadeira Igreja de Nossso Senhor Jesus Cristo...

27 de agosto - "IN SINU JESU". Nomeação de D. Carlos Carmelo de Vasconcelos Mota para suceder a D. José Gaspar de Afonseca e Silva no sólio Arquiepiscopal de São Paulo. Por sua origem aristocrática, pela nobreza de seu porte severo e imponente, lembra Dom Duarte. Vindo de Minas, como Dom José, traz consigo no coração, por certo, muito daquela doçura do meigo coração mineiro, com que Dom José tanto encantou a alma paulista - Seu lema: "Junto ao peito de Jesus" - Trechos das admiráveis revelações em que Santa Gertrudes tem palavras que deixam explicadas perfeitamente o lema do novo Arcebispo.

27 de agosto - Nova et Vetera - A Santa Sé e a Questão Social / A questão social só poderá ser levada a bom termo se as instituições fundadas para resolvê-la forem dirigidas como convém, isto é, conformemente aos preceitos da doutrina católica. Carta do Santo Padre Bento XV ao Bispo de Bergamo (Itália) na qual, em forma resumida, repetiu as prescrições da Santa Sé com relação à questão social. "Trabalham muito mal em favor do operário aqueles que, apregoando a pretensão de querer melhorar suas condições de existência, lhe dão a mão apenas para a conquista dos bens frágeis e perecíveis aqui da terra, esquecendo-se de o esclarecer sobre seus deveres à luz dos princípios da doutrina cristã e indo mesmo até a excitar sempre e cada vez mais sua animosidade em relação aos ricos, entregando-se a essas declamações amargas e violentas, pelas quais vossos adversários impelem as massas à sublevação da sociedade".

27 de agosto - Segundo aniversário do ingresso do Brasil na guerra. O LEGIONÁRIO que, por vezes com o maior sacrifício, moveu contra o totalitarismo uma campanha que já representa muitos anos de luta, se associa de coração ao júbilo nacional por motivo de nossa ativa participação na luta contra as hostes pardas. Quando muitos patrioteiros do momento presente nos aconselhavam "prudência", "moderação", "equilíbrio" em nossa luta contra o totalitarismo, já éramos francamente a favor da declaração de guerra. Tudo isto nos dá direito de afirmar que, nas manifestações que a tal respeito se fizeram, houve um pormenor que nos desagradou profundamente. Foi ver o retrato de Stalin entre os dos Chefes de Estado das Nações aliadas.

27 de agosto - Comentando... Lisieux / Entre todas as cidades da França, Lisieux toca de um modo todo particular o coração dos brasileiros. Lá viveu, lá conquistou as mais belas flores da santidade, lá embalsamou o claustro do Carmelo este prodígio de virtudes que é Santa Teresinha do Menino Jesus. Por isso mesmo, é com aflita solicitude que aguardamos o desenlace da situação trágica de Lisieux, envolvida nas garras destruidoras da presente conflagração. Os nazistas que se inculcavam como os salvadores da civilização, estão dando uma triste prova de sua sinceridade. Vê-se claramente que eles preferem arrasar o mundo, se o mundo não puder ser deles.

3 de setembro - DOM VITAL - IV. A "questão religiosa": o governo imperial se imiscuiu em assuntos de exclusiva competência eclesiástica - Descrição da vida político-religiosa do Brasil de então, a qual se desenvolvia sob o signo da ambigüidade. O Brasil era uma monarquia de meias tintas, muito mais uma república coroada do que uma monarquia genuína. O imperador era muito mais um filho das ideologias de 1789, do que um discípulo de Metternich. O mesmo se dava em relação à posição religiosa das leis e dos estadistas do "Segundo Império" - O governo imperial pretendia este absurdo: nenhum documento pontifício podia ser divulgado no Brasil sem a aprovação da Coroa, a qual pretendia também ter jurisdição sobre os dignitários eclesiásticos.

3 de setembro - Comentando... Morte antiquada / O "anacronismo" de que ela se reveste em nossos dias: a morte é muito séria, e o nosso mundo é frívolo por princípio. A morte é triste, e os homens de hoje cultuam a puerilidade. A morte é velha, mas a juventude é um dos valores supremos da atualidade. A morte dá testemunho da precariedade de nossa vida, mas isto contraria a religião das vitaminas. A morte é espiritual, abre a porta para os valores transcendentais, mas o mundo moderno crê na carne e no sangue. A morte traz a mortificação, a disciplina, a austeridade, a renúncia, a delicadeza espiritual, mas isto, hoje, são heresias.

3 de setembro - Apelo comovedor das heróicas mulheres polonesas a Pio XII, por motivo dos apuros que estão passando durante o sítio de Varsóvia. O III Reich procede contra elas com crueldade sem precedentes, e, ao mesmo tempo, as tropas russas, colocadas às portas de Varsóvia, não dão um só passo para libertar a cidade - Leão XIII já decidira, em documento oficial e definitivo, que as ordenações anglicanas são nulas e seus "bispos" não são nem Bispos nem Sacerdotes. Assim, o gesto do Santo Padre de haver recebido um "bispo" angelicano com suas insignias "episcopais" tem o mero caráter de condescendência - Lamentável que a Prefeitura do Rio de Janeiro tenha autorizado o trabalho de mulheres nas empresas de transporte coletivo: é gravemente nocivo à moralidade pública que a mulher, que deve ser objeto de respeito todo especial, se veja exposta a convivência promíscua em tais ambientes.

3 de setembro - Nova et Vetera - Previdência (social) totalitária / Há dois grupos extremos, que assumem na questão social, uma atitude condenada pela Igreja. De um lado se acha o grupo individualista, da velha escola liberal, que não admite interferência do Estado ou da sociedade junto às atividades dos indivíduos. De outro lado se acha o grupo totalitário, que deseja socializar todos os recursos ou estabelecer um coletivismo estatal. Segundo o Papa Leão XIII, deve ficar firme um princípio importantíssimo na filosofia social: isto é, “como é ilícito tirar aos indivíduos o que eles podem fazer com suas próprias forças e indústria para confiá-lo à comunidade, assim é injusto incumbir a uma maior e mais alta sociedade o que pelas menores e inferiores comunidades pode ser feito. Este é ao mesmo tempo um grave prejuízo e uma perturbação para a reta ordem social; porque o objeto natural de qualquer intervenção da mesma sociedade é o de auxiliar de modo completo os membros do corpo social, não já destruí-los e absorvê-los”.

10 de setembro - O colapso final do III Reich é uma questão de dias. Neste momento não podemos deixar de considerar o passado para dar graças a Deus dos males inumeráveis de que nos libertou; o futuro, para nos prepararmos a melhor servir a Deus nos dias que virão. Se em todas as épocas os católicos têm responsabilidades esmagadoras, elas o são especialmente nos dias que correm. Merece especial referência o último discurso do Sumo Pontífice, em que ele incita os católicos a que, "com amor fraternal", cooperem com os pobres filhos da apostasia e da heresia, para a preservação do que de cristão possa restar entre estes. A Igreja é uma verdadeira "Sedes Sapientiae". Ela ama a lógica, e a lógica é intransigente por natureza. Mas Ela abomina o espírito de indiscernimento e de confusão. Precisamente por isto, Ela não confunde duas coisas muito diversas. Quer Ela a conversão dos hereges? Sim? Então deve lutar contra a heresia, isto é, contra o que separa os hereges do catolicismo. Mas se Ela quer a conversão dos hereges, como não os auxiliar quando eles procuram preservar-se de erros ainda mais funestos que sua própria heresia que os afastariam ainda mais da Igreja?

10 de setembro - Nova et Vetera - Catolicismo e socialismo / Papa Pio XI na Encíclica “Quadragesimo Anno”: "Socialismo religioso e socialismo cristão, pois, são termos contraditórios: ninguém pode ser católico e ao mesmo tempo verdadeiro socialista”.

10 de setembro - Comentando... Confusionismo / Assis Chateaubriand se refere continuamente ao Sr. Getulio Vargas e a certos acontecimentos políticos (no artigo transcrito) com uma linguagem que só se pode aplicar a Deus e às coisas divinas. O que quer dizer que o diretor dos “Diários Associados” se utilizou, de princípio a fim, de uma linguagem blasfema - O sr. Chateaubriand blasfemou, não há dúvida. Mas não terá tido cúmplices?

17 de setembro - DOM VITAL - V. Descrição das espécies de figuras de elite do Brasil do século XIX: o "doutor"; o fazendeiro; o argentário; o soldado e o sacerdote - Os autênticos sacerdotes foram as colunas do Brasil na tremenda luta. Ignorados, caluniados, espezinhados, venceram como vence a Igreja: sem lantejoulas e gloriolas humanas mas com grandes méritos aos olhos de Deus. Este é o fundo de quadro em que se destaca luminosa, brilhando com todo o brilho da santidade indefectível da Igreja, a figura máscula e sobrenatural de Frei Vital Maria Gonçalves de Oliveira.

17 de setembro - Comentando... Êxodo rural / O Papa Pio XII apontou os gravíssimos empecilhos que se encontram nas grandes cidades modernas ao normal desenvolvimento de uma vida integralmente católica. Este é o ponto sobre o qual jamais se pode refletir suficientemente. Não se trata apenas das desordens morais, oriundas da promiscuidade, ou da facilidade de prazeres próprios às grandes cidades. É algo de mais profundo: trata-se deste aspecto de gado humano, que apresentam, necessariamente, as coletividades muito densas. Nas grandes aglomerações, a personalidade como que se dissolve e o homem passa a ser um mero valor numérico. Além disso, todos os valores culturais se vão desgastando nesta porção de atritos inevitáveis à vida nas populações concentradas.

17 de setembro - E' uma verdadeira felicidade que a destruição do nazismo permita a todas as forças católicas do mundo a realização de um "putsch" espiritual contra os sectários de Marx. Para isto é imperiosamente necessário que o nazismo não renasça. O nazismo é a expressão requintada do socialismo. Os nazistas são "nacional-socialistas" segundo a linguagem oficial do partido. Hitler não foi o nazismo, mas apenas o homem que condensou certas tendências ideológicas e sociais que pairavam no ar, o charlatão-tipo que soube simbolizar essas tendências graças à sua extraordinária qualidade de mímico. O nazismo é filho do tecnicismo moderno e precisa ser vencido por uma utilização diferente da técnica. O uso cristão da técnica, em contraposição com o uso pagão da técnica, eis toda a questão.

17 de setembro - Nova et Vetera - Brotoejas literárias / Há os que sustentam que uma obra literária pode perfeitamente ignorar o bem e o mal. Há os que retiram a arte do raio de ação da Igreja, mediante o artifício de considerar que seu domínio próprio não é o do bem e do mal, pois “por definição” ela é amoral como a ciência... Há os que elogiam livros escabrosos, sentenciando que “os espíritos limpos” saberão demonstrar a necessária repulsa pela miséria moral e pelo cinismo dos tipos surrealisticamente descritos nas páginas de certos romances modernos. Porém, não foi assim que a Santa Igreja ponderou e procedeu ao longo dos séculos, conforme documenta a História. Exemplos concretos.

24 de setembro - O PAPA PIO XII DA' IMPORTANTES DIRETRIZES AO APOSTOLADO DO CLERO E DA AÇÃO CATÓLICA. Afirma o Santo Padre que "é um fato que sempre se repete na História da Igreja que quando a Fé e a moral cristã entram em atrito com fortes correntes inimigas de erros ou de tendências viciosas, aparecem tentativas vãs para vencer as dificuldades com qualquer espécie de compromisso, ou pelo menos de se esquivar e de se escapar às dificuldades". O modo de ver o panorama por parte desses que são, na ordem espiritual, o que foram na ordem temporal os "colaboracionistas" que apoiaram o regime nazista na França. E sua tática correspondente: antes de tudo, não mostrar as oposições existentes entre a Igreja e o espírito do século; é preciso diluir a verdade para que ela circule; é preciso esconder a boa doutrina; calar a verdade, sussurá-la; fazer guerra à apologética - Obviamente o apostolado verdadeiro não consiste em fazer a apologia do carranquismo, do misantropismo, do rigorismo excessivo. E' possível combater a tibieza e o laxismo sem se expor só por isto à censura de cair no extremo oposto. E' preciso ser enérgico e caridoso, e não enérgico quando se deve ser caridoso, caridoso quando se deve ser enérgico.

24 de setembro - Nova et Vetera - Liberalismo totalitário / Uma das mais importantes consequências do princípio liberal da igualdade de direitos dos vários credos religiosos vem a ser a subordinação da Igreja Católica ao Estado, culminando no mais completo totalitarismo. É o que se depreende da encíclica “Immortale Dei” de Leão XIII, cujos textos são aqui transcritos.

24 de setembro - Se bem que a polícia fascista tenha sido menos cruel do que a nazista, também o regime de Mussolini caiu em gravíssimos abusos neste terreno. A Santa Sé foi muito equilibrada. Não negou o bem, nem fechou os olhos ao mal praticado pelo fascismo também. Os católicos que não se atemorizaram em dizer claramente as coisas como eram, hoje colhem o fruto de sua conduta. Graças a Deus, entre estes está o LEGIONÁRIO que foi acusado de faltar com a caridade para com os fascistas e nazistas, porque teve a caridade suficiente para com as vítimas, para não calar os crimes de seus algozes. Sirva-nos esta experiência para compreendermos que a política melhor é a de agir sempre com imparcialidade diante de todas as coisas - Orações especiais pelas forças expedicionárias brasileiras. O heroísmo é o clima habitual do católico. Por isto, o verdadeiro católico sabe o que custa o sacrifício, qual o preço da coragem, e admira mais do que ninguém os bravos, por eles rezando com empenho todo particular. Rezemos também pelas famílias que fizeram generosamente a doação dos seus para a defesa do Brasil e da civilização cristã.

24 de setembro - Comentando... - A primeira mesquita da América, construída em São Paulo / Alto sentido simbólico desse fato - O Islã, que durante tantos séculos oprimiu a Cristandade e exerceu a liderança de todos os inimigos de Jesus Cristo, vai levantar aqui o seu baluarte e aqui vai celebrar os seus triunfos. E isto exatamente no momento em que as forças do mal procuram galvanizar novamente as potências muçulmanas, tirando-as de seu longo letargo, para que voltem a influir nos destinos da humanidade, como outrora o fizeram - A grande maioria das intenções do Apostolado da Oração, para o próximo ano de 1945, refere-se ao mundo muçulmano - É benevolência querer o bem do próximo. Ora, o maior bem que se pode desejar a um maometano é que ele abandone os erros, que o impedem de ver a luz da verdade católica. Tudo o que se faça neste sentido, serão atos de benevolência. Inversamente, tudo o que concorra para conservá-los no erro, será a mais autêntica malevolência, um enorme pecado contra a caridade.

1° de outubro - A OBRA-SÍMBOLO. Frei Felix de Olívola, O.F.M., publicou esplêndida compilação de todos os escritos de Dom Vital. Neles se vê claramente que a conduta por este mantida durante a "questão religiosa" não resultou de circunstâncias de momento. Conjecturando reflexões e preces feitas pelo futuro Bispo de Olinda quando este era professor no Seminário em São Paulo - E' precisamente no ano centenário de seu nascimento que nos vem como um mensageiro ou um presente de Dom Vital o terceiro Arcebispo de São Paulo. A coincidência é cheia de simbolismo. Aqui se preparou para ir ao Norte o Bispo que foi por excelência o homem da destra de Deus no Brasil de então. Neste ano centenário o Norte nos retribui o dom, separando-se em nosso favor do Arcebispo que, depois de uma longa e fecunda preparação, o "Espírito Santo pôs para reger a Igreja de Deus" em São Paulo. E do que nos fala no primeiro documento em que seus fiéis ouvem sua voz de Pastor? Na construção da Catedral. Símbolo tangível e poderoso de continuidade fecunda. 'A primeira voz de comando pastoral deve corresponder a primeira continência, o primeiro "presente" do paulista fiel.

1° de outubro - Comentando... - A mística do futebol / Nós não somos contra o futebol em si, como não somos contra o esporte, contra os divertimentos, contra a ginástica, contra os progressos científicos e nem mesmo contra o sr. Maritain, tudo competentemente em si. Neste sentido, somos as criaturas mais brandas e cordatas que possam haver sobre a face da terra. Somos, isto sim – e isto se diz com o dedo em riste – contra os abusos!

1° de outubro - Publicação da "Carta da Vitória", que contém um projeto de legislação social para a Inglaterra de pós-guerra, cujo ideal consiste em que não haja mais indigentes naquele país. Considerada deste ângulo, tal "Carta" não poderia ser mais simpática, máxime para católicos. Mas a Igreja, mestra suprema da caridade, é ao mesmo tempo infalível mestra da sabedoria. A própria caridade exige que sejamos realistas. E' preciso não alimentar a ilusão de que com essa "Carta" evitar-se-á que existam pobres: "Pauperes semper habetis vobiscum". Por uma iniludível contingência de nossa natureza decaída, tê-lo-emos sempre, não como espantalhos sinistros, nem como inimigos, mas como irmãos sofredores a quem franquearemos os tesouros de nossa bolsa e de nosso afeto - Insistindo fortemente sobre a importância da "questão árabe" para o mundo de amanhã, o LEGIONÁRIO, órgão católico - isto é universal - e por isto mesmo simpático a todos os povos que Deus criou, não é movido senão pelo zelo da fé. Não temos a menor hostilidade para com os árabes como tais. Isto posto, registramos mais um passo dado pelo ideal Pan-árabe que tende a se transformar em um perigo igual ou maior do que o dos tempos de São Pio V e da batalha de Lepanto.

1° de outubro - Nova et Vetera - A cabeça da serpente / “Porei inimizades entre ti e a mulher, entre a tua descendência e a sua; e em vão armar-lhe-ás ciladas no calcanhar”. Eis, no Paraíso, a primeira profecia sobre o papel providencial de Nossa Senhora na luta contra o mal. É Nossa Senhora a eterna inimiga do príncipe deste mundo, a vencedora de todas as heresias. E, de todos os atos de devoção a essa poderosa aliada, a mais eficaz e predileta é sem dúvida o Rosário. O Rosário, disse Leão X, ”foi instituído contra as heresias e os heresiarcas; ele nos salvará” - Trechos da Encíclica “Supremi Apostolatus”, de Leão XIII.

8 de outubro - ANIMA CHRISTI, SANCTIFICA-NOS. Quando imagino São Francisco de Assis na famosa visão em que o Crucificado o abraçou, imagino-o balbuciando em êxtase as sete primeiras súplicas do "Anima Christi". Na segunate desta prece, a alma já nã; color: blue;;o está de pé, abraçada ao Redentor. Cessou o êxtase, e o fiel está ao pé da Cruz - Comentários à primeira súplica desta oração, dificilmente superada por outra composta por mente humana.

8 de outubro - Nova et Vetera - Igualitarismo totalitário / Com famílias estáveis, o Estado é estável; com famílias que se elevam um dia e desaparecem no seguinte, os aventureiros, isto é, os homens sem apoio no passado, se apossam de todas as funções, e nelas fazem campear uma ambição desenfreada, o gosto das inovações e a ausência de experiência hereditária, capital de sabedoria que apenas se acumula com o correr dos séculos - Um Estado centralizador, tudo pode contra os cidadãos isolados; demagógico, é impotente conta as paixões populares. Ora a sociedade é esmagada pelo despotismo, ora se dissolve na anarquia. Eis a consequência inevitável da destruição da aristocracia; eis o efeito do nivelamento de todas as classes e do estabelecimento de um direito uniforme para todos os cidadãos.

8 de outubro - As hipóteses do LEGIONÁRIO sobre os projetos Pan-árabes estão em vias da realização mais inteligente e prudente que se possa imaginar. Essa organização jurídica e social comum será baseada em que? Forçosamente nos princípios comuns a esses povos, ou seja nos princípios muçulmanos. Prepara-se, pois, uma vasta "commonwealth" ou mesmo um imenso Estado muçulmano, bem às portas da Europa. O mundo muçulmano possui recursos naturais indispensáveis ao suprimento da Europa. Ele terá em mãos os meios necessários para perturbar ou paralisar a qualquer momento o ritmo de toda a economia européia. E, com isto, ele terá também meios para se armar até os dentes. 

15 de outubro - SANGUIS CHRISTI, INEBRIA ME. O povo compreende até certo ponto a necessidade de um Clero numeroso. Não é tão freqüente encontrar quem compreenda a necessidade de um Clero santo. Aí está, entretanto, toda a doutrina da Igreja, toda a hagiografia cristã, a demonstrar que a eficácia da ação sacerdotal resulta muito mais da qualidade que da quantidade dos Sacerdotes - A vida de seminário é destinada precisamente a vibrar as acutiladas decisivas e irremediáveis nos defeitos com que se nasce. E' uma luta vigorosa contra tudo que possa significar imperfeição - Contemplando esta pobre humanidade tão maculada pelo pecado, que outra súplica devemos fazer senão: “aqua lateris Christi, lava nos”? Se não nos lavar a água do lado de Cristo, o que nos lavará?

15 de outubro - Nova et Vetera - Um recuo estratégico / A igualdade revolucionária não é a que nos ensina a Igreja, isto é, a igualdade que temos de nossa comum origem e de nosso destino comum, mas a igualdade social, aquela que deve abolir toda hierarquia e por consequência toda autoridade, fazendo reinar a anarquia, que é o clima propício para o aparecimento dos déspotas totalitários. Deu-se o fenômeno na Itália com Mussolini, na Alemanha com Hitler, na Rússia com Lenine e Stalin. Dar-se-á amanhã em escala maior, quando se julgar favorável o momento para o grande golpe. Surgirá então o grande Omniarca, previsto por Veuillot como o futuro dominador do mundo. Na Encíclica “Parvenu à la vingtcinquième année”, Leão XIII mostra que a salvação do mundo não se acha nos valores parciais e deturpados da “liberdade, igualdade e fraternidade”, mas na volta ao cristianismo. Volta que de nada valerá se não implicar em um retorno à Igreja, pois só na Igreja existe não somente a verdadeira igualdade, a verdadeira fraternidade, a verdadeira liberdade, mas todo o conjunto harmônico de valores necessários à conservação do fim último do homem e da conquista da verdadeira felicidade - Trechos dessa Encíclica.

15 de outubro - Visita de Churchill à Rússia para tratar dos dolorosíssimos acontecimentos ocorridos em Varsóvia: de um lado estavam os soviéticos; de outro, os nazistas. Os defensores daquela cidade imploraram o auxílio russo: este lhes foi negado duramente. Os americanos desejaram mandar aviões: os sovietes proibiram. Estes últimos queriam um governo de títeres comunistas para a Polônia. Este o segredo de um dos crimes mais repugnantes praticados ao longo desta triste guerra - Fabulosos auxílios concedidos pelos EUA, Inglaterra e Canadá à Rússia, que facilitou as vitórias dos exércitos soviéticos.

15 de outubro - Comentando... - Oportunismo / A vitória tem um prestígio inexcedível junto a certas pessoas. Tudo o que está na moda, tudo o que é bem-sucedido, tudo o que é geralmente aplaudido, encontra junto a elas um acolhimento entusiasta. São os fiéis mais devotos dos ídolos do momento, e estão à frente de todas as popularidades. Quando o nazismo, o fascismo e assemelhados estavam em voga, a “onda” os seguia, ardentemente. E o LEGIONÁRIO sabe o que foi a luta contra esta “onda”... - O oportunismo estabelece inenarrável confusão, seja turvando as águas e favorecendo as pescarias suspeitas, seja com seu afã febril de mais incensar o vencedor e de atirar mais pedras ao vencido.

22 de outubro - PASSIO CHRISTI, CONFORTA ME. “Socorro das necessidades físicas ou espirituais”: é bem este o conceito das obras de misericórdia que Nosso Senhor ensinou ao mundo, e que a Santa Igreja vem realizando ininterruptamente através dos séculos. Todo o espírito da Igreja é feito de contrastes fecundos, que se desenvolvem em uma divina harmonia. Por exemplo altivez e humildade do verdadeiro cristão, doçura e combatividade, a irmã de caridade e o cruzado. No Catolicismo tudo é amor, e mesmo quando, por necessidade, e imitando a Nosso Senhor, alguém empunha o látego que há de fustigar os erros do século, fá-lo por amor e com amor. A combatividade cristã tem o sentido exclusivo de legítima defesa. Não há para ela outra possibilidade de ser legítima. Narra a História que antes de Cristo não havia hospitais nem instituições de caridade. Elas nasceram das Chagas santíssimas de Nosso Senhor Jesus Cristo pregado na Cruz.

22 de outubro - Pela libertação da Polônia católica / Desde as mais remotas eras de sua história, a Polônia foi para a Europa Oriental um luzeiro de Fé. Erguemos preces para que, pelos méritos de Nosso Senhor Jesus Cristo na Santa Cruz, a Polônia seja salva do terrível perigo que a ameaça.

22 de outubro - Confirmaram-se as previsões quanto à visita de Churchill à Rússia: não surtiu os resultados que se esperavam, ao menos quanto à Polônia. O que Churchill foi pleitear foi que o governo soviético de "quislings" em Varsóvia fosse expulso, e substituído pelo governo polonês livre de Londres. E foi isto que os sovietes não quiseram admitir. A URSS quer a bolchevização do mundo - O comandante da força aérea dos EUA anunciou que dispensará as mulheres empregadas em serviço de pilotos, o que merece franco aplauso. Uma das mais importantes preocupações deste momento deve consistir em promover quanto antes a normalização da vida civil, com o retorno gradual das mulheres ao lar, na medida em que as circunstâncias o forem permitindo.

22 de outubro - Nova et Vetera - A tese e a hipótese / Condenações no "Syllabus" do Bem-aventurado Papa Pio IX a respeito da questão de imigrantes não católicos em países católicos - Voltam os seguidores incondicionais do sr. Jacques Maritain a reabrir os debates em torno das ideias políticas e sociais do “Mestre”.

29 de outubro - NE PERMITTAS ME SEPARARI A TE. Essência do objetivo da Ação Católica: uma geral mobilização de todo o laicato para que cada qual exerça, quer nas respectivas associações quer no seu ambiente de família ou de trabalho, um apostolado franco, desassombrado, industrioso, para a implantação do Reinado de Nosso Senhor Jesus Cristo - Por uma triste contradição, o que se diz dos brasileiros individualmente considerados, não se pode dizer dos ambientes em que vivemos. O ambiente pode ser menos bom que as pessoas que o integram. E' mesmo freqüentíssimo. O respeito humano, a preocupação de admitir servilmente os hábitos ditos “modernos”, tudo enfim concorre para que as pessoas se tomem o costume, no respectivo ambiente, de atuar de modo contrário às suas convicções mais profundas. E, como brasas que se vão extinguindo e transformando em cinzas, assim esses ambientes, de católicos que eram, se vão esfriando e transformando em pagãos.

29 de outubro - Nova et Vetera - Arquivamento de Encíclicas / Em dois grandes grupos principais se dividem os partidários da campanha de silêncio em torno da palavra do Papa. Há os que publicamente recomendam que se arquivem as Encíclicas pontifícias, por constituírem um entrave à livre propagação dos erros modernos. Em segundo lugar há os que se confessam filhos obedientes da Igreja, mas na realidade vivem à margem da doutrina católica, passando por cima das definições e pronunciamentos pontifícios, com o que acabam encerrando as Encíclicas Papais num arquivo fechado a sete chaves. Esta última categoria é mais perniciosa, por se filiar à dos escribas e fariseus. Não falam em arquivar as Encíclicas, mas de fato as arquivam. Exemplificando com o liberalismo nos Estados Unidos (no séc. XIX e meados do XX) que teve o nome de "americanismo".

29 de outubro - Sincera satisfação pela abolição das medidas restritivas até aqui em vigor no Brasil contra os súditos italianos. Velho adversário do fascismo, o LEGIONÁRIO sempre distinguiu o povo italiano do regime político-social totalitário que o oprimia, e, verberando embora esse regime, timbrou sempre em manifestar sua admiração pelo povo italiano, pela amplitude e brilho de seu papel na vida da Igreja e da civilização cristã - O perigo comunista parece afastado do território ibérico. De acordo com a orientação da Santa Sé e do Episcopado espanhol, qualquer pessoa de bom senso deve estar muito longe de ser um admirador incondicional do regime franquista, e ao mesmo tempo considerar que o mundo só teria a perder com a substituição desse regime pelo comunismo - Que será feito da Polônia? Quando se levantará sobre este importantíssimo problema o véu que sobre ele desceu desde a conferência de Moscou?

29 de outubro - Comentando... - A economia canavieira / Antigamente, a cultura da cana, como as demais explorações agrícolas, se revestia de um aspecto todo patriarcal. As relações entre patrões e empregados tomavam a feição e o colorido das relações familiares. A palavra “patrão”, hoje cada vez mais em desuso, substituída como é pela palavra “empregador”, se origina de “pater”, isto é, “pai”. Deste tipo de exploração econômica surgia uma forma toda espontânea de previdência social: a unidade econômica, para a qual todos concorriam, era também o amparo e o apoio de todos. Os organismos sociais daí decorrentes se alicerçavam na força das coisas, que é muito mais forte do que a força das leis. Porém, tudo isto está sofrendo uma evolução enorme.

5 de novembro - Nova et Vetera - Inimigos da Realeza Social de Jesus Cristo / Jesus Cristo, não menos que Deus seu Pai, tem direito às homenagens e à obediência das sociedades. Quando veio à terra, o eterno Padre lhe deu por herança não só as almas, mas também as nações. Constituiu-o Rei soberano e único Salvador, e tanto aos povos como aos indivíduos se aplicam as palavras do Apóstolo: “Não há, debaixo do céu, outro nome fora do nome de Jesus, no qual os homens se possam salvar”. Jesus disse aos Apóstolos: “Ide, instrui todas as nações, e ensinai-lhes a guardar tudo o que vos mandei”. Aqui não há distinção entre deveres sociais e deveres individuais. Não são os ataques dos inimigos que enfraquecem a verdade. É de sua essência ser combatida pelo erro, como é de essência da luz ser contrária às trevas. Se os órgãos encarregados de manifestá-la ao mundo, não a afirmam senão por metade, como poderão as mentes obscurecidas conhecê-la?

5 de novembro - Entrevista concedida pelo Príncipe Humberto, lugar-tenente do Rei da Itália, ao “New York Times”: manifesta-se favorável à instauração da monarquia constitucional representativa - A grande importância do problema do petróleo, na política internacional de nossos dias é um fato. Assim, tem considerável alcance as discussões travadas pelos governos persa, soviético, americano e inglês, em torno da posse e aproveitamento das jazidas petrolíferas que se encontram em território iraniano. Mas o problema da posse do petróleo apresenta também uma conexão vital com os mais altos problemas ideológicos e religiosos. Portanto a questão nos diz respeito como católicos.

12 de novembro - Ação Católica – problemas, realizações e ideais - Em prol da Ação Católica (AC). - Não basta o ideal vago de dilatar o Reinado de Jesus Cristo. E' preciso que se conheça em que consiste este Reinado. E' pela integridade da Fé e a pureza dos costumes que impera Nosso Senhor Jesus Cristo, que se dilatam os domínios da Santa Igreja. Considerações de S. Francisco de Lerins sobre a Fé - Benemerência do "Em Defesa da Ação Católica" reconhecida por numerosos Bispos do Brasil.

12 de novembro - Nova et Vetera - Entraves à união dos católicos / A pretensão de conhecer melhor do que ninguém as necessidades da época, eis a mais grave das desordens dos neoliberais. Juntai a esta pretensão uma generalizada antipatia contra os princípios absolutos e verdadeira intolerância para com seus defensores; pelo contrário, grande simpatia para com os erros modernos e ampla disposição de transigir com seus adeptos à custa da verdade e dos direitos de Jesus Cristo e tereis o diagnóstico da doença que corrói muitos dos nossos irmãos. Os neoliberais se opõem à união dos católicos entre si, união esta que somente é possível em torno da tradicional doutrina da Igreja, que eles repudiam. Tais erros liberais já existiam desde o século XIX...

12 de novembro - Discurso do Ministro da Guerra Econômica da Grã Bretanha: se uma maioria socialista se registrar novamente na eleição geral, isso significaria a continuação da regulamentação do Estado sobre a vida do povo, dos esmagadores impostos e da substituição gradual dos empreendimentos privados pelo monopólio do Estado; a liberdade é mais importante do que a eficiência - Continua a derrocada da igreja anglicana: presença do "bispo" de Chelmsfordm no "Congresso de Cooperação e Amizade com a União Soviética" em Londres. Os prefeitos de Stalingrado e Leningrado telegrafaram hipotecando solidariedade a tal Congresso.

12 de novembro - Comentando... - História da Igreja / Importantes diretrizes dadas pelo Papa Pio XII acerca do estudo desta matéria - Principalmente, é preciso ser evitada, no estudo da História da Igreja, a ideia de que as crises em que Ela outrora se debateu são coisas definitivamente do passado, que jamais se repetirão. Este é o melhor modo de desarmar os fiéis, nas lutas que devem enfrentar.

19 de novembro - ARMISTÍCIO. A solução prometida pelo Arcebispo de São Paulo para os debates ocorridos de algum tempo para cá acerca da Ação Católica não pode deixar de agradar a quantos desses debates tenham participado com espírito elevado e o exclusivo desejo de servir a Igreja. Todo o debate ou se trava com o nobre objetivo de persuadir, esclarecer, fazer o bem, ou significa mera explosão de particularismos e vaidades pessoais, ânsia de mando ou inveja de regalias ou preeminências - Para o verdadeiro católico, a voz da Igreja é a voz de Cristo na terra. Ela desce do alto do Céu não para vencer seus filhos, mas para os ensinar, e nos acentos com que Ela define para nós a verdade, há sempre algo da melodia angélica que ouviram extasiados os pastores de Belém. E' com o mais puro e exclusivo desejo da "glória de Deus no mais alto dos Céus, e da Paz na terra para os homens de boa vontade", que Ela exerce seu magistério e dissipa as discrepâncias entre seus filhos.

19 de novembro - Nova et Vetera - As bolotas do filho pródigo e o sistema da previdência social / "A história da legislação caritativa e do pauperismo na Inglaterra prova à saciedade que, nesse grande país, o pobre é alimentado, não é moralizado; a pobreza é temida, não é amada; não ousaria dizer que em lugar de lhe fazer caridade, faz-se-lhe guerra, se essa frase não houvesse sido pronunciada por um dos mais notáveis escritores que trataram da matéria, Charles Wiston (Remarks on the Poor Laws), numa página repleta de uma eloquência expressiva e dolorosa".

26 de novembro - A questão do petróleo no Irã: o gabinete persa, por motivo de pressão soviética, foi obrigado a se demitir, substituindo por outro de tendências mais “conciliatórias” - Sadios critérios para julgamento dos "colaboracionistas" franceses para com o nazismo: é preciso exercer a punição nos verdadeiros culpados da alta política, da alta finança, do alto jornalismo, nas figuras de primeira plana e nas de bastidores, deixando numa inevitável impunidade as pessoas tão numerosas que "colaboraram" em papéis sem importância.

26 de novembro - Nova et Vetera - Estarão mortos os inimigos de D. Vital? Em ocasião do primeiro centenário do nascimento do grande Bispo de Olinda

3 de dezembro - As leis de Deus estão acima das leis feitas pelos homens: objeção e resposta - Ninguém ignora que os germens da II guerra foram produzidos pela Conferência de Versailles, por não querer seguir a voz do Papa Bento XV. De novo teremos a repetição do conflito, se a política de ódios se substituír aos princípios da paz como fruto da justiça esposados por Pio XII.

3 de dezembro - Nova et Vetera - O dever do laicato / Homenagem à grande obra do Apostolado da Oração que teve no Padre Bartolomeu Taddei, aqui no Brasil, o seu grande batalhador

10 de dezembro - Aproximam-se as forças soviéticas de Viena. Subjugado desde o trágico Anschluss pelo nazismo, o infeliz e católico povo austríaco passa para a mão de novos algozes - Em que pesem as reiteradas afirmativas de que a III Internacional não mais existe, os fatos têm uma linguagem mais eloqüente que as arengas do Tsar vermelho. Aí estão, por exemplo, os casos de Varsóvia e o da Grécia - Vencida a guerra com o auxílio do imenso potencial dos países cristãos do Ocidente, vemos claramente delineada a manobra das forças da esquerda no sentido de se valer dessa vitória para a implantação do comunismo nos países libertados. Confiamos, porém, na força de reação desses povos que, uma vez livres da opressão do nazismo e do fascismo, também saberão sacudir, com a ajuda de Deus, o não menos odioso jugo do comunismo.

10 de dezembro - Nova et Vetera - Gestapo literária / A perseguição à imprensa católica sob o regime hitlerista na Alemanha.

17 de dezembro - UMA GRANDE E NOBRE DATA. Aproxima-se o jubileu episcopal do eminente prelado que representa entre nós o Vigário de Jesus Cristo, o Núncio D. Bento Aloisi Masella - A Fé pode ser chamada, segundo a bela expressão de Dante, luz intelectual cheia de amor, amor cheio de todo bem. O verdadeiro amor nasce, na Igreja, da consideração atenta e inteligente da Verdade, por meio do qual a vontade se orienta para o Bem, e nele se firma, e não na exaltação artificial e desordenada da sensibilidade. As luzes da Fé são cheias de amor. E esse amor é cheio de todo o bem. Para prestar nosso concurso ao maior esplender desses festejos, aqui serão recordados os múltiplos motivos que tornam o Sr. Núncio Apostólico credor das numerosas manifestações de que será alvo - Onde está o Papa, aí está a Igreja – A causa que originou o desaparecimento tão rápido, na África setentrional, da cristandade - Na Santa Igreja, o “ônus” e o “honor” andam sempre juntos.

17 de dezembro - Nova et Vetera - Obras sociais e obras de caridade / À medida que a questão social vai se agravando, cresce a geral preocupação nos meios católicos no sentido de se dar maior incremento e coordenação às obras sociais e de beneficência devidas à iniciativa da Igreja e de seus filhos. E um dos problemas que surgem quanto aos meios e métodos a serem empregados nesse enorme campo de apostolado, vem a ser a conveniência ou não de se dar um aspecto nitidamente católico a essas iniciativas no campo social e caritativo - São Pio X: "não é nem leal nem digno dissimular, cobrindo-a com uma bandeira equívoca, sua qualidade católica, como se o catolicismo fosse uma mercadoria avariada e de contrabando. Ademais, com a ideia da justiça cristã, muito larga e perigosa, não se saberia nunca até que ponto se poderia chegar".

17 de dezembro - Vigorosas declarações de Churchill acerca da expansão soviética - Se o nazismo caísse neste instante, a Áustria, a Hungria, os Balcãs recobrariam sua independência. Entretanto, se a Rússia os invadir antes da paz, quando retirará dali suas legiões? Eis o grande problema - Insucesso da demanda movida pelo escritor Érico Veríssimo contra o Pe. Leonardo Fritzen S.J., por motivo de censuras feitas à sua obra “O resto é silêncio”.

24 de dezembro - As pretensões soviéticas sobre a Polônia continuam a agitar a opinião pública internacional: foi em defesa da integridade daquele país que a Inglaterra declarou guerra à Alemanha nazista - Para os Estados totalitários como a Rússia, de nada vale o Direito Internacional e o princípio das soberanias nacionais - Goebbels: "o século XX, com o socialismo, há de afirmar-se em definitivo, apesar de quantos obstáculos se interponham no seu caminho". Temos o nacional-socialismo de Hitler e o nacional-socialismo de Stalin. Ambos expansionistas... - A comédia que encerra a oposição entre nazismo e comunismo.

24 de dezembro - Nova et Vetera - Plebs christiana / Leão XIII procurou separar da ação popular dos católicos, a que se dera na Bélgica em fins do século XIX o nome de “democracia cristã”, qualquer sentido político que fizesse confundir este movimento, com a “democracia social”, condenada pela Igreja e que tende a fazer residir a autoridade no povo e a promover o igualitarismo pela abolição da hierarquia social e pelo nivelamento das fortunas - "Deve-se remover da democracia cristã outro conceito, que é atender de tal modo as classes humildes, que pareçam preteridas às superiores, as quais também contribuem para a conservação e aperfeiçoamento da sociedade" - "Na opinião de alguns, a chamada questão social é somente econômica, sendo pelo contrário certíssimo que ela é principalmente moral e religiosa".

31 de dezembro - A MENSAGEM DE NATAL (comentários à alocução de Pio XII): preparando o mundo para o post-guerra; a verdadeira democracia.

31 de dezembro - Nova et Vetera - Ação popular dos católicos / Encíclica “Graves de communi” (do Papa Leão XIII, de 18 de janeiro de 1901): trecho que explica em que consiste esta ação popular dos católicos, que nada tem a ver com a “democracia social”, condenada pela Igreja e que tende a promover o igualitarismo pela abolição da hierarquia social e pelo nivelamento das fortunas - "Se vislumbra um acúmulo imenso de desventuras que ameaçam pavorosas catástrofes, por efeito, principalmente, do incremento que toma a seita dos socialistas", os quais "excitam as multidões à sedição; abandonada toda ideia religiosa, rechaçam os deveres e proclamam apenas os direitos e assim inflamam as turbas". Infelizmente tão sábios conselhos de Leão XIII não foram devidamente atendidos. Assim, São Pio X foi obrigado a fazer a Encíclica condenando o movimento do "Sillon" que difundia um falso conceito de democracia, inspirado nos princípios revolucionários da Revolução de 1789, cujas consequências são ainda mais nefastas quando eles são colocados como base da vida religiosa.

31 de dezembro - Estabelecimento de uma "Associação Unida de Evangélicos Cristãos e Batistas" na União Soviética. A penetração protestante na URSS não constitui preocupação séria para o governo soviético. Este sabe que o protestantismo, desde seus primeiros dias, tornou-se especialista na arte sutil de agradar o poder temporal. Com os cismáticos, idem - Os comunistas procurarão fazer propaganda provando que "não são contra a Religião". Tudo depende da agilidade dos católicos. Se, no mundo inteiro, soubermos não acreditar na mentira e combater com igual tenacidade o comunismo, ele só terá a perder. Se, pelo contrário, formos ingênuos, ele só terá a ganhar.

31 de dezembro - Comentando... - Amar os pecadores / Contra os pecados, todo o nosso zelo, toda a nossa energia, toda a nossa indignação. Para com os pecadores, toda a doçura, toda a compaixão, toda a nossa dileção. Ora, odiar os pecados e amar os pecadores é o que há de mais certo e virtuoso. Isto não obstante, é preciso acrescentar que este adágio sofre, atualmente, uma interpretação que o deforma inteiramente. E o que o faz estar tão em moda não é o seu significado correto mas, precisamente, a sua interpretação deturpada ("quem sou eu para julgar o pecado e o pecador?") - O ensinamento de São Tomás de Aquino a respeito do assunto.